Créditos: AMD

AMD confirma FidelityFX Super Resolution (FSR) para 2021 como resposta ao DLSS

A tecnologia da AMD para upscale não deve usar Machine Learning
Por Diego Amorim 18/03/2021 15:00 | atualizado 18/03/2021 15:04 Comentários Reportar erro

Ontem dia 17, o vice-presidente corporativo e gerente geral da divisão Radeon da AMD, Scott Herkelman, participou de uma live do PCWorld e confirmou que a resposta da empresa à tecnologia DLSS da Nvidia chegará ainda esse ano para PCs: o chamado FidelityFX Super Resolution, ou FSR.

Apesar de Scott Herkelman ter confirmado que a AMD planeja lançar sua nova tecnologia ainda esse ano, ele ressaltou que a empresa ainda tem muito trabalho para o seu desenvolvimento, que ainda precisa de tempo para ser concluído. Ele também mencionou que o progresso da tecnologia está indo muito bem nos testes da empresa, mas que ainda precisam garantir que o FSR funcione bem no lançamento.

Nós queremos lançá-lo esse ano. Nós acreditamos que conseguimos fazê-lo esse ano, mas ao mesmo tempo há muito trabalho pela frente. Precisamos garantir que há qualidade de imagem. Precisamos garantir ele pode fazer upscaling a partir de diferentes resoluções.

- Scott Herkelman

Herkelman também afirmou que o FidelityFX Super Resolution pode não ser baseado em machine learning (ou aprendizado da máquina), o que faz sentido já que as GPUs da AMD não possuem núcleos tensores responsáveis por acelerar esse tipo de processo. Na verdade, Herkman afirmou que esse recurso não é necessário para o FSR.

- Continua após a publicidade -

"Você não precisa de machine learning para fazê-lo, você pode fazer isso de várias maneiras diferentes. O que importa mais é o que os desenvolvedores de jogos queiram usar (...), se forçarmos as pessoas a usarem, isso não será um bom resultado" - Scott Herkelman

"Você não precisa de machine learning para fazê-lo, você pode fazer isso de várias maneiras diferentes. O que importa mais é o que os desenvolvedores de jogos queiram usar (...), se forçarmos as pessoas a usarem, isso não será um bom resultado" - Scott Herkelman

Ele destacou em seguida que não depender de machine learning e núcleos específicos para realizá-lo é importante para que o FidelityFX Super Resolution possa ser usado em várias plataformas. Em contraste, como o DLSS da Nvidia depende de núcleos tensores, essa tecnologia fica restrita apenas em placas RTX. 

DLSS em Fortnite
Exemplo de uso do DLSS em Fortnite (Imagem: Nvidia/Divulgação)

Apesar do interesse da AMD em implementar o FSR em várias plataformas como os Xbox Series S/X e PS5, a tecnologia chegará primeiro nos PCs. No entanto, nenhum detalhe sobre compatibilidade de GPUs para o uso da ferramenta foi mencionado.

AMD Radeon RX 6700 XT - Placa de vídeo vai
 bem rodando games em 1440p

- Continua após a publicidade -

Agora nos resta aguardar por mais divulgações da empresa ao longo do ano para descobrirmos se, mesmo sem o uso de machine learning, o algorítimo do FidelityFX Super Resolution vai conseguir alcançar resultados tão impressionantes quanto o DLSS em upscaling.

Via: TechPowerUp, Videocardz Fonte: PCWorld (Youtube)
Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Amorim

    Diego Amorim

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.