GIGABYTE anuncia placa-mãe Z590 AORUS Tachyon para overclockers extremos

Modelo foi projetado com características voltadas para usuários que buscam o limite dos processadores
Por Fabio Feyh 15/03/2021 10:05 | atualizado 15/03/2021 11:06 Comentários Reportar erro

A Gigabyte anunciou oficialmente a placa-mãe Gigabyte Z590 AORUS Tachyon, modelo com chipset Intel Z590 projetado para usuários que pretendem tirar o máximo dos processadores Intel Core de 10ª e 11ª geração, ambos soquete LGA 1200.

Site oficial da Gigabyte Z590 AORUS Tachyon

A placa-mãe se destacada em vários aspectos quando se trata de overclock, começando pelo projeto, com características pensadas para proporcionar ao usuário de overclock extremo o melhor cenário para colocar os processadores em seu limite. A placa-mãe conta com dois conectores de energia de 8 pinos, uma solução de VRMs diferenciada com 12 conectados diretamente, caca um com 100 A DrMOS do tipo Tantalum, o que tem de melhor em qualidade atualmente.

Placa-mãe Gigabyte Z590 AORUS Tachyon foi desenvolvida com foco total em overclockers

Outra curiosidade é que a placa-mãe traz apenas 2 slots de memória DDR4 em dual-channel, o motivo é que dessa forma é possível alcançar frequências mais altas. Como outros diferenciais, a Gigabyte Z590 AORUS Tachyon tem diversas tecnologias e opções que buscam agradar o perfil de usuário que quer overclockar o sistema, como sistema com perfil de BIOS, reinicio em modo "gelado", dual bios e otimizações para sistemas de Liquid Cooler. No PCB da placa foram adicionadas várias conexões buscando proporcionar um controle mais refinado do sistema em situações extremas, como das tensões da placa, cpu e memórias. Botões de acesso rápido também estão presentes e buscam facilitar a vida do usuário, afinal quem overclocka o sistema convive com travadas constantes e botões para reiniciar a bios, o sistema e mesmo carregar perfis de configuração são de grande ajuda.

- Continua após a publicidade -

Como estamos falando de uma placa-mãe com chipset Z590, ela suporta todos os modelos de processadores soquete LGA 11200, leia-se Core de 10ª geração e também os novos Core de 11ª geração que serão lançados oficialmente dia 30 de março. Ainda traz suporte a conexão PCI-Express 4.0 para placas de vídeo e SSD (quando rodando em conjunto com um processador Core de 11ª geração).O sistema de áudio traz o chipset REaltek ALC1200-VB Codec, rede 2.5GbE pelo chipset Intel i225-V, além de suporte a Wi-Fi 6E, o mais avançado da atualidade.

O lançamento dos processadores Core de 11ª geração acontecerá dia 30 de março. Fique ligado no Adrenaline para mais novidades!

  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.