Créditos: Nvidia

Vazamento indica que 3080 Ti também terá desempenho em mineração reduzido

A informação veio de um vazador já conhecido por diversos acertos

A conta kopite7kimi no twitter compartilhou ontem (4) novas informações sobre a GeForce RTX 3080 Ti. A conta fez um tweet afirmando que a placa terá 12 GB de memória com largura de 19 Gbps, além da mesma limitação implementada na RTX 3060 que reduz a performance em Hash Rate, operação importante para mineração de criptomoedas como Etherium.

O vazamento não é muito surpreendente já que a Nvidia indicou que seus novos lançamentos a partir da RTX 3060 terão uma limitação via software para a realização de cálculos Hash Rate. Além disso, A RTX 3080 Ti já teve seu lançamento praticamente confirmado quando a Nvidia recentemente distribuiu versões de driver da GPU para as fabricantes parceiras. 

Em um primeiro momento, esperávamos que a placa de vídeo contaria com 20 GB de VRAM. Mas aparentemente ela será equipada apenas com 12 GB em GDDR6X e interface de 384-bit, além de provavelmente ser produzida com o chip GA102 equipado com 10.240 núcleos CUDA. Em comparação, a RTX 3080 e RTX 3090 foram lançadas com, respectivamente, 8.704 e 10.496 núcleos CUDA.

A GeForce RTX 3080 Ti deve ser lançada pela Nvidia em abril, mas essa data pode ser alterada no futuro, já que inicialmente o modelo seria lançado ainda em janeiro desse ano.

- Continua após a publicidade -

A chegada da RTX 3060 no mercado não foi muito celebrada. Apesar da limitação para mineração, logo o modelo foi distribuído por varejistas com um preço acima do valor oficial. Não é só a mineração que está afetando o mercado de hardware, mas a crise mundial em que vivemos e problemas na fabricação de componentes. No entanto, se o limitador de Hash Rate realmente afastar os mineradores, a RTX 3080 Ti tem potencial para atingir uma relação custo/performance melhor que as outras GPUs da família.

Os preços de MOSFET também
devem subir nos próximos meses

Via: Videocardz
  • Redator: Diego Amorim

    Diego Amorim

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.