Créditos: Divulgação/EA

Futuro game da série Need for Speed é adiado para 2022 em prol do novo Battlefield

Criterion passará a ajudar a DICE no desenvolvimento do novo shooter da Electronic Arts

Os fãs da série de jogos de corrida Need for Speed que ainda aguardavam o possível lançamento de um novo título para a franquia neste ano terão que esperar mais um pouco. Nesta segunda-feira (1), a Electronic Arts confirmou que o futuro jogo da série NFS, que seria lançado neste ano, está sendo postergado para 2022.

A confirmação veio através de uma entrevista dada por Laura Miele, chefe de estúdios da EA, para o site Polygon, da qual disse que a Criterion Games, atual desenvolvedora responsável pela franquia Need for Speed, está sendo mobilizada para auxiliar a DICE no desenvolvimento do novo Battlefield. Segundo ela, por conta das atuais condições de trabalho impostas pela pandemia da COVID-19, a empresa decidiu movimentar um dos seus estúdios para trabalhar no novo jogo da franquia.

[Battlefield] está se desenvolvendo muito bem, a equipe tem trabalhado muito duro, eles se esforçaram muito no ano passado e, sim, estamos trabalhamos em casa, e é difícil; é difícil fazer jogos em casa, e a equipe [DICE] está um pouco cansada.

Essa não é a primeira vez que ambas as desenvolvedoras trabalham juntos em um jogo, sendo que essa mesma situação foi vista também em Star Wars Battlefront (2015) e Star Wars Battlefront 2 (2017). Além disso, a Criterion também auxiliou a DICE no desenvolvimento de Firestorm, modo battle royale presente em Battlefield V.

Outro motivo por trás dessa decisão envolve a compra da Codemasters por parte da EA, que foi oficialmente concluída no último mês de fevereiro. De acordo com Miele, com a desenvolvedora britânica certamente trazendo um novo título para esse ano, como o futuro jogo da franquia F1, a Electronic Arts já teria um game de corrida para 2021, além de evitar a canibalização do novo Need for Speed com o futuro título da Codemasters.

- Continua após a publicidade -

A Criterion assumiu o desenvolvimento do Need for Speed no começo de 2020, após os últimos três títulos da série serem desenvolvidos pela Ghost Games. A desenvolvedora, que ficou mundialmente conhecida pelos jogos da franquia Burnout, já trabalhou na série no passado, com Need for Speed: Hot Pursuit (2010) e Need for Speed: Most Wanted (2012), e mais recentemente trouxe uma versão remasterizada de Hot Pursuit.

Assim que o estúdio terminar seu trabalho em Battlefield, ele retornará suas atenções ao novo Need for Speed. Já sobre o futuro Battlefield, Miele não revelou nenhum outro grande detalhe sobre o próximo game da franquia, apenas dizendo que ele será "uma carta de amor aos nossos fãs".

 

Via: Engadget Fonte: Polygon
  • Redator: Pedro Henrique

    Pedro Henrique

    Formado em Informática e tecnólogo em Jogos Digitais, amante de games (principalmente os de corrida), curte uns hardwares e assim como Pink e o Cérebro, buscando o plano para dominar o mundo.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.