Créditos: Divulgação / Framework

A Framework anunciou seu novo laptop modular com peças fáceis de substituir

Com possibilidade de substituir desde a tela até a parte da placa-mãe com o SoC, o projeto mira em reduzir lixo eletrônico

A startup Framework, buscando amenizar a questão da produção de lixo eletrônico e resolver uma das maiores preocupações dos usuários de laptops, anunciou o novo Framework Laptop, que promete ser uma máquina de desempenho relativamente alto, leve, e com componentes fáceis de serem substituído, possibilitando upgrades e maior longevidade para o equipamento.

Atualmente, com a possibilidade cada vez maior de ofertas de vagas de emprego remotas combinada aos preços crescentes de componentes para desktops, a alternativa para diversos usuários de computadores, tanto para trabalho quanto para diversão, vem sendo optar por laptops de alto desempenho

Além da mobilidade, permitindo que o usuário carregue consigo sua estação de trabalho para onde for, o desempenho dos laptops, que era fator limitante até alguns anos atrás, cada vez menos entra na equação na hora de escolher uma máquina. O principal problema que ainda pesa a favor dos computadores de mesa é a possibilidade de ser fazer atualizações de componentes específicos, sem a necessidade de substituir todo o kit.

Buscando resolver esse problema específico a Framework anunciou seu laptop, com display de 13,5 polegadas e resolução de 2256x 1504, mesmo formato 3:2 dos Microsoft Surface, a versão de fábrica do Framework Laptop já vem equipada com CPUs Intel de 11ª geração, 64GB de RAM e 4TB de armazenamento NVMe PCIe 4.0. O modelo traz também uma webcam com resolução 1080p e 60fps, suporte a Wi-Fi 6E, bateria de 55Wh e teclado com altura de atuação de 1,5 mm, e a modularidade da máquina é de fato impressionante.

- Continua após a publicidade -

O Framework pesa 1,3kg, tem espessura de 15,85mm e foi projetado com diversas portas para placas de expansão onde fica possível substituir facilmente boa parte dos componentes de interface I/O, como portas USB-A, USB-C, HDMI, DisplayPort, microSD, entre outros, mas o destaque principal fica para o projeto interno. O laptop modular permite que o próprio usuário remova facilmente a tampa inferior garantindo acesso imediato aos slots de memória, armazenamento, sem a necessidade de seguir fitas e conexões escondidas atrás de adesivos ou projeto de arrefecimento. Outra facilidade que impressiona a forma como a moldura do display é fixada magneticamente e não adesivada, permitindo que o usuário faça em casa a substituição da tela caso tenha algum problema. O teclado também pode ser removido para ser substituído por outro layout de idioma ou padrão de cor e todas as peças vem etiquetadas com um QR Code, facilitando a busca por partes para substituição ou upgrade.

Como na grande maioria dos projetos de equipamentos modulares, muitos elementos são com design proprietário, então a própria Framework estabeleceu um Market Place onde os usuários podem comprar e vender peças entre si.

- Continua após a publicidade -

Os computadores virão nas opções com CPUs Tiger Lake i5-1135G7, i7-1165G7 ou i7-1185G7 e gráficos integrados Xe, e apesar de não ser possível trocar apenas o processador por ser um SoC padrão soldado na placa-mãe, a Framework possibilitou no projeto a fácil remoção e substituição da mesma, garantindo que o próprio usuário faça a compra e instalação apenas da placa-mãe por modelos com SoC novos e mais rápidos, sem que haja a necessidade de substituir as placas de expansão, chassi, tela, teclado, memórias, armazenamento.

Além das vantagens óbvias de todas essas possibilidades de substituições e atualizações de componentes, um dos objetivos da Framework com esse formato modular, seria a redução de lixo eletrônico contando que esse padrão se tornasse amplamente adotado, mas, de maneira geral, projetos modulares costumam ter um custo de produção mais elevado, levando também a um preço de mercado pouco atrativo a ponto de serem interessantes apenas para entusiastas.

O Framework Laptop virá com as opções de sistema Windows 10 Home ou Pro, além de ser possível adquirir o kit DIY (Faça-você-mesmo) que trará um kit com diversos módulos para o próprio usuário montar seu laptop em casa podendo escolher qual sistema operacional irá utilizar.

A empresa afirmou que trará mais informações como preços e datas de pré-venda nas próximas semanas e disse que a janela de lançamento no 3º trimestre (verão do hemisfério norte) nos Estados Unidos.
 

Fonte: Neowin, Framework
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.