Créditos: Divulgação/Correios

Privatização dos Correios - Projeto de Lei é enviado para Câmara

Bolsonaro acaba de confirmar detalhes sobre a PL de desestatização do serviço

Jair Bolsonaro acaba de anunciar que entregou o Projeto de Lei (PL) para a privatização dos Correios e Telégrafos. O documento foi recebido pelo deputado Arthur Lima, que afirma que irá iniciar o diálogo e debate entre a Câmara e o Senado. Entre as novidades está a responsabilidade dos serviços postais pela Anatel, além das propostas de otimizar e modernizar o serviço.

O comunicado oficial ocorreu via Twitter do atual presidente. Bolsonaro afirma que o Projeto prevê o fim do monopólio dos Correios. A reunião ocorreu na última quarta-feira, dia 24 de fevereiro de 2021. As ações para privatização são responsabilidade do atual ministro das Comunicações Fábio Faria.

O principal motivo para a desestatização dos Correios é pelos prejuízos enfrentado nos últimos anos. Além disso, também foi destacado a ineficiência de alguns processos e a dificuldade de modernização que a empresa vem enfrentando. Todas as ações já foram amplamente faladas por Faria ao longo de 2020.

Com o envio do Projeto de Lei os próximos passos são os debates na Câmara e no Senado. O documento será explorado e votado até ser aprovado. Os moldes ainda não estão totalmente definidos. Um empresa terceira, Accenture, foi contratada para ajudar a realizar os estudos e definir os modelos de venda.

- Continua após a publicidade -

Há diversas opções, desde a completa privatização dos Correios, até vendas parciais de alguns setores específicos. O Projeto de Lei já garante que o Serviço Postal Universal em todo o território nacional deve ser mantido. Lembrando que a estatal é a única empresa com presença em todos os municípios, atendendo o território brasileiro completo, chegando a todos cidadãos do país. 

Todo o processo deve levar todo o ano para ser concluído. O esperado é que o fim dos debates encerre no final de 2021, com a empresa que deve assumir os processos apenas em 2022. Arthur Lira fala que irá "cumprir o que foi prometido ao povo brasileiro". 

Via: OGlobo, Agencia Brasil, Mundo Conectado
Assuntos
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.