Créditos: Reprodução / Reddit: r/pcmasterrace

SSDs PCIe 4.0 seriam mais rápidos em novos i9-11900K que nos Ryzen 9 5950X

Ryan Shrout afirmou que segundo testes internos da Intel o ganho de desempenho seria de até 11%

Ryan Shrout, Estrategista Chefe de Desempenho da Intel, afirmou em seu Twitter que o desempenho de slots PCIe 4.0 seriam até 11% a maiores em benchmarks de armazenamento com os novos Rocket Lake-S, Core i9-11900k, do que com CPUs Ryzen 9 5950X.

Os processadores Rocket Lake de 11ª geração ainda não foram lançados oficialmente e tanto a postagem nas redes sociais quanto os dados do teste vieram de fontes internas da Intel, então existe muito a se considerar antes de tomar essa informação como fator para quem estivesse na dúvida entre os processadores em questão.

Allyn Malventano, Analista Técnico de Armazenamento da Intel que conduziu os testes, fez a comparação entre o novo carro chefe da Intel, o Core i9-11900k, e o Ryzen 9 5950X da AMD utilizando apenas uma das quatro possíveis opções de testes do PCMark 10, optando pelo teste rápido que, além de ser mais curto, testa um número de operações reduzido e de menos exigentes em demandas reais do uso cotidiano. 

Segundo o site Tom’s Hardware, esse tipo de teste é utilizado por eles apenas em drives menores de sistema que não podem passar pelo benchmark completo de drives de sistema utilizado para as reviews de SSD. O teste compreende operações mais mundanas como transferências de arquivos menores, softwares como Excel, Adobe Illustrator e Photoshop.

- Continua após a publicidade -

É pouco provável que Malventano ou Shrout estejam divulgando dados distorcidos, mas uma afirmação tão contundente de comparativos entre uma CPU que sequer foi lançada deve ser considerada com muito cautela, ainda mais levando em conta que a Intel só está adotando mais amplamente o PCIe 4.0 agora enquanto a AMD já começou a testar interfaces mais rápidas há dois anos, uma vez que os novos Rocket Lake-S, exclusivos para chipset Z590, serão os primeiros processadores Intel com pistas PCIe 4 dedicadas.

Outro ponto importante a ser considerado é o conjunto de condições do teste como o fato do teste ter sido feito em uma placa m.2 conectada a um slot PCIe 4 em ambos os sistemas, e não em um slot m.2 dedicado; apenas um modelo de SSD foi testado, o Samsung 980 PRO de 1TB.

- Continua após a publicidade -

Por mais que seja um resultado promissor, um teste comparativo de desempenho com n=1 é estatisticamente irrelevante, então serve possivelmente como uma provocação até saudável em um mercado que vê a concorrência com bons olhos, mas até que os novos Rocket Lake-S,  cheguem ao mercado ainda neste trimestre e passem por baterias de testes mais amplas e rigorosas por veículos especializados, o melhor a se fazer é controlar o entusiasmo, mas torcer para que essa corrida continue acirrada sem os muitos anos de estagnação que o mercado de CPUs já enfrentou e permitiu que por quase uma década os ganhos de desempenho entre algumas gerações fossem praticamente irrelevantes.
 

Fonte: Guru3D, Tom's HARDWARE
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.