Créditos: Divulgação: Nvidia

Nvidia põe ordem na mineração: derruba performance na RTX 3060 e cria GPUs específicas

Empresa vai lançar uma linha focada em criptomoedas, a Nvidia CMP
Por Diego Kerber 18/02/2021 13:39 | atualizado 18/02/2021 13:39 Comentários Reportar erro

A Nvidia deu um passo decisivo para controlar a criptomineração, e vai seguir uma estratégia parecida com a que conhecemos em outros mercados como o profissional: vai criar uma linha dedicada para esse tipo de ciclo de trabalho, e também irá reduzir o desempenho de suas placas voltadas para games, para desmotivar o uso de GeForces para esse objetivo.

Quem tenta comprar uma placa de vídeo agora para jogar tem se deparado com uma situação calamitosa: além do desabastecimento do mercado, as poucas unidades disponíveis estão com preços extremamente inflados por conta da alta demanda, resultado de um aquecimento do mercado devido ao alto valor das criptomoedas.

Para atacar o problema, a Nvidia aposta em dois fronts: o primeiro é tornar as GeForces menos atrativas para esse mercado. A RTX 3060 terá uma limitação em seu driver que irá derrubar pela metade a capacidade da placa em atuar nos algoritmos das criptomoedas, derrubando em muito seu valor de uso para quem está de olho em minerar Ethereum, por exemplo.  Para modelos anteriores, já disponíveis no mercado, algo do tipo parece mais difícil, já que basta não atualizar o driver para manter a performance.

 

- Continua após a publicidade -

O outro front é uma nova linha de produtos, e com isso a empresa introduziu as Nvidia CMP HX, com a sigla CMP atendendo por Cripto Mining Processor (processador de cripto mineração, em tradução livre). Essa linha será composta por produtos desenhados especificamente para essa função.

Entre as mudanças está um design especializado, com circulação de ar otimizada para o posicionamento de múltiplas placas, arquitetura para operação de múltiplas GPUs em uma só CPU e maior custo x benefício entre consumo e performance em hash rate.

A linha Nvidia CMP HX será especializada em hash rate, com design pensado em fazendas de mineração

Serão no total 4 modelos, a 30HX, a 40HX, a 50HX e a 90HX. As duas primeiras operam com um conector de energia de 8 pinos e trazem respectivamente 26 MH/s e 36 MH/s, e chegam no primeiro trimestre. Os dois últimos modelos aumentam a performance e sobem a energia para dois conectores de oito pinos, e serão lançados no segundo trimestre.

- Continua após a publicidade -

Com isso a Nvidia deve conseguir controlar melhor o seu mercado de chips, assim como já faz com linhas com Quadro e Tesla. Dessa forma pode organizar melhor seu line-up de produtos, com margens de lucro diferentes para os consumidores buscando um chip gráfico para jogar e um consumidor investindo em hardware para minerar.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.