Créditos: Divulgação // ASRock

Registro da ASRock sugere que algumas placas RX 6700 possam ter menos VRAM que RX 6600 XT

O registro feito na Comissão de Comércio da Eurásia pode haver versões da mesma placa com mais e menos memória
Por Daniel Trefilio Carvalho 12/02/2021 12:29 | atualizado 12/02/2021 12:29 Comentários Reportar erro

Segundo registro recente na Comissão Econômica da Eurásia (EEC), é possível que alguns modelos intermediários de placas ainda não oficialmente anunciadas pela ASRock podem trazer modelos RX 6600 XT com 12GB de VRAM enquanto alguns modelos RX 6700 viriam com apenas 8GB.

Os registros de produtos na EEC, apesar de serem documentos oficiais, muitas vezes podem ser confusos e mal interpretados, então esse vazamento pode não representar os números reais do anúncio oficial que ainda está por vir. 

Caso essa informação se confirme, as placas intermediárias da AMD podem sair com mais de uma opção de memória como já visto em modelo anteriores. Nas séries RX 470/480 e 570/580 foram lançados no mercado modelos de 4GB e 8GB de VRAM, e é possível assumir que o registro vazado seja um indicativo de que as placas RX 6600 e 6700 sigam a mesma linha oferecendo placas com as mesmas contagens de núcleos computacionais, e outros elementos de tecnologia e arquitetura que diferenciem majoritariamente as essas duas linhas de placas, mas sendo possível encontrar modelos com menos VRAM para usos mais específicos ou simplesmente para usuários com orçamento mais limitado que não tenham a intenção de utilizar resoluções acima de 1080p mas ainda gostariam de ter acesso às tecnologias mais recentes da AMD.

- Continua após a publicidade -

Apenas no campo da especulação, só faria sentido um modelo superior e focado em entregar um desempenho maior e condizente com sua faixa de preço trazer menos VRAM caso houvesse uma diferença muito significativa entre os tipos de memória e tecnologias envolvidas na forma como essas memórias trabalham, como já visto nas placas Fury, que mesmo modelos que traziam menos VRAM, a tecnologia HBM proporcionava grandes incrementos de desempenho em relação às placas de mesma geração que utilizavam arquiteturas de memória convencionais, mas também eram consideravelmente mais caras.

Não há qualquer indicativo real que seja este o caso, então o mais provável mesmo é que a ASRock esteja pensando em atender a públicos diferentes oferecendo versão diferentes da mesma placa, umas com mais, outras com menos VRAM, para alcançar uma maior fatia do mercado sem necessariamente canibalizar modelos próprios e não necessitar que a demanda por modelos anteriores se mantenha elevada, possivelmente aliviando linhas de produção das empresas parceiras de fundição que poderão focar integralmente em produzir chips da mesma arquitetura e definir o mercado alvo em etapas mais avançadas do processo de montagem.
 

Fonte: Tom's HARDWARE
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.