Créditos: EVGA/Divulgação

EVGA apresenta teclados Z20/Z15 e mouses X20/X17/X15 para o público gamer

Teclados vêm até com microprocessador Cortex-M33 para ter melhores tempos de resposta

A EVGA apresentou os seus novos teclados Z20/Z15 e mouses X20/X17/X15 para o público gamer, trazendo promessas de alto desempenho e rápidos tempos de resposta. Os teclados vêm com um microprocessador ARM Cortex-M33 de 32-bits, permitindo uma taxa de atualização de 4.000 Hz.

Com isso, a promessa é de que os modelos Z20 e Z15 são quatro vezes mais responsivos do que a média. Eles vêm com cinco teclas Macro E dedicadas e customizáveis, que podem ser editadas através do software Unleash RGB.

Site oficial: Teclado EVGA Z20

Os teclados ainda trazem um sensor de proximidade Time-of-Flight (ToF). Ele é capaz de detectar o movimento do usuário, inclusive podendo avisar o Windows para suspender as atividades ou retomá-las – dependendo se a pessoa está perto do teclado ou não.

Site oficial: Teclado EVGA Z15

- Continua após a publicidade -

Os modelos Z20 e Z15 incluem uma roda de rolagem para ajustar o volume e teclas de mídia dedicadas. A EVGA implementou LEDs RGB individuais e customizáveis para cada tecla. Há também duas barras de luzes laterais que podem ser ajustadas para combinar com o resto do seu setup.


Fonte: EVGA/Divulgação

Esses periféricos vêm com switches mecânicos ópticos Light Strike LK, que possuem um curso de atuação curto de 1,5 mm. A ideia dessa funcionalidade é trazer um tempo de resposta 25% mais rápido, em comparação com switches mecânicos tradicionais.

Os teclados possuem suporte para N-key rollover, permitindo que você pressione quantas teclas simultâneas desejar. Os switches são aqueles de 3 pinos da Kailh, e os sockets podem ser trocados pelo próprio usuário. É possível escolher os switches Kailh Speed Silver Linear ou Kailh Speed Bronze Clicky.


Fonte: EVGA/Divulgação

- Continua após a publicidade -

Além dos seus novos teclados, a EVGA também apresentou os mouses X20, X17 e X15. Segundo a empresa, esses são os primeiros produtos do tipo a trazer três sensores, sendo dois deles sensores LOD. No caso do EVGA X20, o terceiro sensor é o Pixart 3335. Já no X17, foi usado o Pixart 3389. O último sensor do X15 não foi revelado pela firma.

Site oficial: Mouse EVGA X20

Para se aproveitar de todas essas peças, a empresa implementou um sistema chamado "3-Dimension Array Tech". Ele usa um algoritmo para detectar a posição onde você levantou o mouse da superfície onde ele está apoiado, e compará-la com onde o periférico voltou a encostar nela.

Site oficial: Mouse EVGA X17

A tecnologia permite detectar caso isso aconteça mesmo em alturas bem pequenas, como por exemplo a 0,4 mm da superfície. Com isso, a promessa é de que o usuário terá mais precisão ao levantar e encostar novamente o seu mouse na superfície.

Via: Guru3D, TechPowerUp
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.