Créditos: Hardware Reviews

Intel divulga benchmarks com o Core i7-1185G7 superando de longe o Apple M1

Segundo fabricante, processador chega a ser seis vezes mais rápido que concorrente

A Intel parece realmente incomodada com o sucesso do processador da Apple, o M1. A empresa já fez comentários em mais de uma oportunidade sobre a importância de se mostrar melhor que o novo concorrente, e dessa vez decidiu mostrar resultados efetivos de que consegue fazer isso com o Core i7-1185G7.

A fabricante publicou resultados de benchmark com seu processador superando o Apple M1. Claro que resultados de testes internos de uma companhia não chegam a ser tão confiáveis quanto uma avaliação de terceiros, mas a Intel mostrou resultados em diferentes plataformas e situações para mostrar que seu processador é melhor. 

Segundo os resultados divulgados pela Intel, de fato o Core i7-1185G7 supera com certa tranquilidade o Apple M1. Em alguns cenários podemos ver uma performance até 30% maior, enquanto em atividades IA da Topaz Labes e de programas da Adobe, a Intel afirma que seu processador consegue ser até seis vezes mais rápido que o rival da Apple.

Os testes foram feitos num sistema pra isso (uma whitebox), acompanhada de 16GB de RAM e usando os gráficos integrados. 

- Continua após a publicidade -

Falando nos gráficos integrados, a nova batelada de testes divulgados pela Intel mostra mais uma vez como realmente a empresa está descontente com a existência do M1. Além de todos os resultados mostrando o Core i7-1185G7 superando o processador da Apple em diferentes condições de trabalho e simulações, a empresa mostrou também resultados em jogos - incluindo games que não são suportados no MacOS, onde a Intel fez questão de colocar nos gráficos que o M1 roda esses jogos a "0fps". 

Os Core i7-1185G7 fazem parte da plataforma Evo da Intel, uma nova geração para seu Project Athena, que consiste numa lista de regras para uma experiência geral que um notebook pode oferecer. Além do processador mais potente, o Core i7-1165G7 também já se classifica para a plataforma Evo.

Comparando o MacBook Air M1 com um notebook Evo usando um Core i7-1165G7, a Intel mostrou também um "teste real de bateria", insinuando que a Apple mente nas suas estimativas e que os resultados são menores do que os prometidos - apesar do notebook Intel ainda não superar esses resultados de qualquer forma.

Fonte: Tom's Hardware
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.