Créditos: Nvidia/Divulgação

Nvidia exige que fabricantes de notebooks exibam especificações de GPUs RTX 30

Anteriormente, não era necessário divulgar dados como TGP e frequências de chips mobile

A Nvidia passou a exigir que as fabricantes de notebooks informem as especificações completas nas quais as suas GPUs mobile estão rodando. Isso inclui a necessidade de divulgar informações como frequências e TGP (Total Graphics Power, ou Consumo Gráfico Total) – que antes costumavam ficar escondidas do público.

Esses dados precisam estar claros e disponíveis na página do produto no site oficial da fabricante. A diferença é que, com essa mudança, agora não será mais necessário informar se um chip gráfico é a variante Max-Q ou Max-P.

No mês passado, um porta-voz da Nvidia já havia confirmado que a geração Ampere Mobile iria abandonar, ao menos em parte, essas nomenclaturas. A partir de agora, o termo Max-Q apenas significa que a GPU é compatível com tecnologias de eficiência energética proprietárias da empresa.

Esses recursos incluem o Whisper Mode 2, Dynamic Boost 2 e Advanced Optimus. A ideia é que essa tecnologias sejam implementadas principalmente em notebooks ultrafinos, onde o gerenciamento de calor e desempenho é mais fundamental.

A primeira empresa a seguir essas novas recomendações da Nvidia é a Asus, que publicou as especificações completas das GPUs Ampere presentes em seus novos notebooks. Inicialmente, a lista foi enviada para o site Tweakers, que entrou em contato com a marca para obtê-la.

- Continua após a publicidade -


Fonte: Asus/Reprodução

Mas, agora, parece algo que todas as parceiras da Nvidia terão que fazer para os seus notebooks baseados em placas de vídeo da empresa. Isso será bastante útil para os clientes dessas firmas, que agora terão um nível muito maior de informações na hora de decidir qual notebook comprar.

No caso da Asus, a mesma GeForce RTX 3070 pode ter TGP de 80 W num notebook com frequência de 1390 MHz, enquanto aparece com 125 W e 1720 MHz em outro. Sua potência máxima também pode ser algo como 85 W no Asus TUF Dash F15, mas chegar a até 140 W no ROG XG Mobile.

Outro caso bastante revelador é o da GeForce RTX 3070 presente no MSI GP66 Leopard, que pode ter um desempenho superior ao da GeForce RTX 3080 do MSI GS66 Stealth. Por causa disso, mais do que nunca é essencial prestar atenção nas especificações do notebook gamer que você pretende comprar.

Via: Tweakers, TechPowerUp, The Verge
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.