Créditos: Divulgação // Samsung Foundry

Samsung pode produzir GPUs AMD para aumentar produção

Usuário sul-coreano que sugeriu a sondagem do acordo já acertou na maioria das vezes dando credibilidade ao rumor
Por Daniel Trefilio Carvalho 01/02/2021 11:04 | atualizado 01/02/2021 11:04 Comentários Reportar erro

Devido não apenas ao aumento da demanda, mas também os baixos estoques, adquirir os novos modelos de CPUs e GPUs vem se tornando uma tarefa cada vez mais difícil. Levando em consideração que a maioria das fabricantes dependem principalmente da Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) para abastecer as linhas de produções com os silícios necessários, além desse quase monopólio gargalar a fabricação das placas de vídeo e processadores, isso dá margem para que a TSMC pratique os preços que forem mais convenientes para si, e foi exatamente o que ela fez mês passado ao subir o preço dos wafers de silício.

Como resultado, provavelmente não apenas desse aumento de preço, mas de outras questões mercadológicas, como não depender exclusivamente de um fabricante de componentes essenciais, a AMD pode adicionar a Samsung a sua lista de fornecedores de chips, segundo o usuário de um fórum sul-coreano, Clién. Além dessa alegação, no passado, Clién já sugeriu diversas outras situações que em sua maioria se provaram verdadeiras, então, apesar de ainda não haver um anúncio oficial da parceria entre AMD e Samsung, é bem provável que isso não seja apenas um rumor

Segundo a postagem no fórum, a AMD gostaria de aumentar sua capacidade de produção em 50% ou mais, contudo garantir este aumento de abastecimento dependendo majoritariamente da TSMC vem se provando consideravelmente desafiador, já que a companhia Taiwanesa tem contratos a cumprir com diversas empresas além do contrato já firmado com a AMD. Essa seria a razão principal para a AMD estar considerando direcionar parte da fabricação de suas APIs e GPUs para a Samsung, que teria então a produção em ambas Samsung e TSMC e, consequentemente, aumentando sua capacidade nas linhas de montagens.

- Continua após a publicidade -

Como já mencionado, a principal preocupação são contratos já firmados pela TSMC com outras empresas como a Apple, que supostamente contratou 100% da produção de chips em 5nm, além de possivelmente a maior parte da produção de 3nm que nem sequer se iniciou ainda.

Resta saber se apenas contratar outras fundições de semicondutores será o suficiente para conseguir suprir a elevada demanda do mercado, ou se o gargalo apenas não será deslocado para outras etapas anteriores da cadeia de produção, como a de insumos para essas fundições.


 

Via: Guru3D
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.