Créditos: Nvidia

AMD registra patente de chiplet para aceleração de Machine Learning

Nova tecnologia teria funções similares aos núcleos Tensor da Nvidia, responsáveis pelo DLSS

A AMD registrou uma nova patente que descreve um chiplet que serve para aceleração de machine learning (aprendizado de máquina). Esse chip, conhecido como Machine Learning Accelerator (MLA) pode ser utilizado em conjunto com uma placa de vídeo e uma unidade de cache para criar um Accelerated Processing Device (APD).

Esse APD (ou Dispositivo de Processamento Acelerado) poderia ser implementado em futuras gerações de placas de vídeo da AMD, como por exemplo na arquitetura RDNA 3. Nesse tipo de hardware, o MLA seria responsável por acelerar o machine learning, mais especificamente no caso do processo de multiplicação de matrizes.

Traduzindo para bom português, isso significa que a AMD está próxima de ter algo parecido com os núcleos Tensor da Nvidia. Esses cores são responsáveis por funcionalidades como o deep learning super sampling (DLSS).

Para quem não conhece, essa é a uma tecnologia de anti-aliasing que permite renderizar a cena de um jogo numa resolução bem menor do que a nativa, mas sem perda de qualidade. Dá para, por exemplo, fazer o seu PC rodar um game em 1080p e então fazer upscaling dessa imagem para 4K – e às vezes o resultado fica até melhor do que um 4K nativo.


Fonte: TechPowerUp

- Continua após a publicidade -

Isso deu uma grande vantagem para a Nvidia no mercado de GPUs, já que as suas placas de vídeo podem utilizar o recurso para ter desempenho melhorado sem nenhum efeito negativo. Desde então, os usuários da AMD têm pedido que a companhia apresente uma tecnologia parecida para as suas placas de vídeo.

O design modular descrito pela fabricante na patente seria algo parecido com o que a firma já faz nos seus processadores, através do Infinity Fabric. A decisão por esse tipo de projeto ajudaria a AMD a evitar sofrer com os problemas comuns de implementar esse tipo de funcionalidade no próprio pacote da GPU.

Nesse caso, a placa de vídeo sofreria com uma aumento na sua área do die, uma ampliação nos seus custos de produção e uma redução na eficiência de fabricação. Ao mesmo tempo, o design modular permite que a AMD implemente a tecnologia em outros produtos, e não apenas em GPUs.

Via: Free Patents Online, Reddit, TechPowerUp
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.