Créditos: Reprodução / Gizmochina

TSMC supostamente irá fabricar chips de 3nm para Intel a partir de 2022

Acordo teria sido firmado buscando se adequar ao mercado crescente e se reposicionar frente a outras empresas como NVIDIA e AMD

Não é de hoje que a Intel está terceirizando sua fabricação de chips mais e mais, não apenas para não afogar suas próprias linhas de montagem, mas também para diminuir custos. Não que esse valor seja repassado diretamente para o consumidor, mas é algo sempre bem visto pelos investidores. Supostamente, a TSMC acabou de firmar um novo acordo com a Intel. A fabricação de chips está caminhando como o previsto em direção a microarquiteturas cada vez menores, e o suposto acordo da Intel está mirando em silícios de 3nm para futuros produtos Intel Core. A produção da primeira remessa estaria prevista para o segundo semestre de 2022, segundo fontes da DigiTimes.

A Intel já faz um bom tempo se tornou um gigante no mercado de semicondutores que vale mais de US$ 4 trilhões. A empresa americana é avaliada em cerca de US$ 230 bilhões, mas parece não ter conseguido acompanhar o crescente mercado enquanto os concorrentes buscaram a abordagem de designar produções de seus chips para fabricantes terceirizados.

A empresa também enfrenta forte concorrência de empresas como AMD e NVIDIA. Embora a AMD tenha adquirido a Xilinx por US$ 35 bilhões, a NVIDIA anunciou recentemente a aquisição da ARM por US$ 40 bilhões, estratégias que poderiam colocar em risco a posição atual da Intel no mercado.

A DigiTimes alega que a Intel e a TSMC entraram em um acordo e que a TSMC seria a responsável por fabricar os novos silícios através do seu futuro processo de fabricação em 3nm. Não há qualquer notícia sobre quais modelos isso implicaria. 

- Continua após a publicidade -

A produção em larga escala deve começar no segundo semestre de 2022. Ainda que a DigiTimes seja uma fonte confiável, a Intel ainda não se posicionou sobre o assunto, logo tudo ainda está no campo dos rumores. Pat Gelsinger que está prestes a se tornar CEO da Intel já mencionou que eles usariam cada vez mais fabricantes terceirizados, "dado o tamanho do portfólio".

Via: Guru3D
Assuntos
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.