Créditos: Reprodução/VMware

Pat Gelsinger é o novo CEO da Intel

Bob Swan deixará o cargo no dia 15 de fevereiro de 2021

A Intel anunciou nesta semana que Pat Gelsinger assumirá o cargo de CEO da empresa no lugar de Bob Swan, que deixará o cargo no dia 15 de fevereiro de 2021. Gelsinger também fará parte do conselho de diretores da Intel.

Swan assumiu o cargo de CEO da Intel em janeiro de 2019 após atuar como CEO interino por sete meses. Durante o período com ele como CEO, a Intel viu sua parceria Apple adotar chips baseados na arquitetura ARM em novos Macs e enfrentou uma concorrência ainda mais acirrada da AMD. Apesar de fatos como estes, a Intel afirmou em seu anúncio que a mudança de CEO não tem relação com seu desempenho financeiro de 2020.

Antes de ser nomeado como CEO da Intel, Pat Gelsinger vinha atuando como CEO da VMware desde 2012. Durante sua gestão a empresa cresceu muito, sendo reconhecida como líder global em infraestrutura em nuvem e mobilidade empresarial. A escolhe dele como o novo CEO da Intel fez as ações da empresa subirem 7%na quarta-feira, enquanto as da VMware caíram quase 7%.

Gelsinger também já foi presidente e diretor de operações de Produtos de Infraestrutura de Informações na EMC, onde supervisionou a engenharia e as operações para armazenamento de informações, computação de dados, backup e recuperação, segurança RSA e soluções corporativas. 

Intel afirmou em seu anúncio que a mudança de CEO não tem relação com seu desempenho financeiro de 2020.

- Continua após a publicidade -

Antes da EMC, ele chegou a trabalhar por 30 anos na Intel e impulsionou a criação de tecnologias como USB e Wi-Fi. Ele também foi o arquiteto do processador 80486 original, liderou 14 programas de microprocessador diferentes e desempenhou papéis importantes no desenvolvimento das famílias de processadores Intel Core e Xeon.


Pat Gelsinger (à esq.) e Bob Swan
(Reprodução/Intel)

Ao falar sobre a escolha de Gelsinger como o novo CEO da Intel, Omar Ishrak, presidente independente do conselho da empresa, disse que ele “é um líder comprovado em tecnologia com um histórico notável de inovação, desenvolvimento de talentos e possui um profundo conhecimento da Intel. Ele dará continuidade a uma abordagem de liderança cultural baseada em valores com um hiperfoco na execução operacional”.

Já Gelsinge disse estar “entusiasmado por voltar a liderar a Intel neste momento importante para a empresa, para a indústria e para o país”. “Pelo fato de ter começado a minha carreira na Intel e aprendido com Grove, Noyce e Moore, é meu privilégio e uma honra retornar nesta posição de liderança. Tenho um enorme respeito pela rica história e pelas tecnologias poderosas da empresa que criaram a infraestrutura digital mundial. Acredito que a Intel tem um potencial significativo para continuar a remodelar o futuro da tecnologia e espero trabalhar com a equipe global e incrivelmente talentosa da Intel para fomentar a inovação e gerar valor para nossos clientes e acionistas”, disse o executivo.

Fonte: TechPowerUp, CNBC, Intel
Assuntos
Tags
  • Redator: Fabio Rosolen

    Fabio Rosolen

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.