Créditos: Reprodução/TecLab

TSMC passará a fabricar processadores da Intel a partir desse ano

Inicialmente, CPUs da linha Core i3 em 5nm serão produzidos nas fábricas da TSMC, sendo que em 2022 essa parceria será expandida

Após patinar vários anos no processo de fabricação de 14 nm, a Intel viu sua principal rival, AMD, ter um grande crescimento no mercado, visto suas várias evoluções nas CPUs conseguidas através das evoluções feitas pela TSMC. Com dificuldades em alcançar sua rival de mercado, a empresa já busca parcerias para recuperar o tempo perdido.

De acordo com o recente relatório publicado pelo site TrendForce, Intel e TSMC firmaram uma nova parceria da qual a fabricante taiwanesa começará a dedicar de 20% a 25% da produção de wafers feitos para chips sem CPU. Essa ação de terceirizar a produção de alguns de seus produtos já era planejado inicialmente pela Intel, porém, esse acordo de fabricação irá além disso.

Para o segundo semestre desse ano, a TSMC também passará a receber pedidos para a fabricação em massa de processadores da linha Core i3, que serão produzidos utilizando o processo de fabricação de 5nm da fabricante. Apesar disso, só devemos ver essas primeiras CPUs oriundos dessa parceria apenas em 2022, após a chegada da geração Alder Lake, que se concentrará no alto desempenho e ainda utilizará o processo de 10nm da própria Intel.

Ainda segundo a TrendForce, essa parceria será expandido em 2022, com a TSMC sendo responsável pela fabricação de certas parcelas de processadores do segmento intermediário e topo de linha da Intel, onde seria utilizado a tecnologia de 3nm e sucederá à arquitetura Alder Lake. Não se sabe se esses chips serão feitos para notebooks ou desktop, porém, parece que a Intel pode utilizar o TSMC para a produção em massa para ambos os segmentos.

- Continua após a publicidade -

Segundo esse relatório, o aumento da terceirização das linhas de produtos da Intel permitirá à empresa não apenas continuar sua existência como uma das maiores nesse ramo de mercado, mas também ajudará na priorização das principais linhas de produtos que são feitos internamente pela própria Intel. Com a Intel abraçando a TSMC, que está sendo bastante procurada por outras empresas como AMD, NVIDIA e Apple, possivelmente teremos novidades muito empolgantes para o mercado em breve.

Em relação ao futuro próximo, a Intel já confirmou que as linhas DG1 (GPUs), Tiger Lake (CPUs) e SG1 (GPUs projetadas para servidores) serão fabricados internamente pela própria empresa com o processo de fabricação em 10nm SuperFin. Já a próxima GPU Intel Xe HPG, que deverá marcar a estreia da empresa no segmento de placas de vídeo para o público gamer, será feita em um processo de fabricação externa, sendo o mais provável sua produção sendo feita pela TSMC em 7nm.

Via: TweakTown, WCCFTech Fonte: TrendForce
  • Redator: Pedro Henrique

    Pedro Henrique

    Formado em Informática e tecnólogo em Jogos Digitais, amante de games (principalmente os de corrida), curte uns hardwares e assim como Pink e o Cérebro, buscando o plano para dominar o mundo.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.