Créditos: Reprodução / ASUS e Adobe Stock

Placas de vídeo e outros componentes podem ter seus preços aumentados de 7,5% até 25%

Esses aumentos podem ocorrer por conta do fim das isenções das tarifas de importação nos EUA

Ontem foi noticiado aqui no Adrenaline o anúncio oficial da ASUS sobre o aumento dos preços de suas placas de vídeo e placas-mãe, devido ao aumento dos custos de logística, operações e componentes que são utilizados para a fabricação destas peças, além das tarifas de importação.

No entanto, o Gerente Técnico de Marketing de Produtos da ASUS, ao realizar este anúncio, não explicou exatamente quais são essas tarifas de importação que estão encarecendo os custos das placas de vídeo e placas-mãe.

De acordo com o The New York Times, as isenções de tarifas de importação chinesas expiraram com a chegada de 2021. Por conta disso, em 2021, é esperado que as tarifas de importação, nos EUA, comecem em 7,5%, mas podem ir em até 25%.

Com o aumento destas tarifas de importação, ocorrerá um aumento significativo nos custos dos componentes. Sabendo disso, podemos supor que é sobre estas tarifas de importação que o Gerente Técnico de Marketing de Produtos da ASUS estava se referindo durante o seu anúncio sobre o aumento dos preços.

É esperado que as tarifas de importação, nos EUA, comecem em 7,5%, mas podem ir em até 25%.

- Continua após a publicidade -

Segundo um usuário do Reddit, o preço sugerido pelo fabricante (MSRP) terá um aumento de aproximadamente US$ 80 para cada um dos grandes fabricantes de placa de vídeo (ASUS, Gigabyte, MSI, PNY, Zotac, Sapphire, entre outros). Sendo assim, é esperado que os outros fabricantes, sigam os mesmos passos da ASUS, e também aumentem os preços sugeridos de seus produtos.

Cabe destacar que com o fim das isenções de tarifas de importação chinesas, outros componentes para computadores, além das placas de vídeo e placas-mãe, também devem ter os seus preços sugeridos pelo fabricante aumentados, como, por exemplo, fontes, SSDs, gabinetes, memórias, entre outros.

Por fim, as últimas placas de vídeo lançadas (as séries NVIDIA GeForce RTX 30 e AMD Radeon RX 6000) já não são comercializadas pelo preço sugerido pelo fabricante há um bom tempo, pois a demanda está muito maior que a disponibilidade. Este cenário já não era bom para o consumidor, agora com o aumento dos preços sugeridos pelo fabricante, é esperado que elas fiquem ainda mais caras.

Fonte: TechPowerUp
  • Redator: Amanda Favaro

    Amanda Favaro

    Apesar de gostar de jogar videogame desde sempre, a Amanda encontrou a sua verdadeira paixão em 2004, quando ganhou o seu tão almejado primeiro PC. De lá para cá se aprofundou cada vez mais sobre o assunto e hoje se considera uma entusiasta de hardware. Além disso, continua adorando jogar, a única diferença é que agora a sua plataforma principal é o PC.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.