Créditos: Tech Times

CD Projekt Red confirma que vai se defender em processo por causa de Cyberpunk 2077

Ação foi movida por investidores, que alegam que a empresa mentiu sobre o estado do game

O estúdio polonês CD Projekt Red confirmou publicamente que vai se defender de um processo movido contra a empresa por causa do RPG de ação Cyberpunk 2077. A ação é de autoria de um grupo de investidores, que alega que a companhia os enganou sobre o estado em que o jogo estava.

Um dos principais motivos que levaram os representantes do Conselho de Administração do estúdio a se defenderem é que os acionistas não determinaram o tamanho da indenização que eles exigem. O processo foi movido no estado da Califórnia, nos EUA, e ainda deverá levar algum tempo até avançar no sistema judicial do país.

"O Conselho de Administração da CD Projekt Red, com escritório registrado em Varsóvia anuncia por meio deste que recebeu confirmação mais cedo hoje de uma empresa de advocacia que uma ação civil coletiva foi movida na Corte do Distrito Central da Califórnia. Ela age em nome de um grupo de acionistas dos EUA que operam sob os símbolos de ação 'OTGLY' e 'OTGLF' e que são baseados nas ações da Companhia".
Comunicado oficial da CD Projekt Red

"O Conselho de Administração da CD Projekt Red, com escritório registrado em Varsóvia anuncia por meio deste que recebeu confirmação mais cedo hoje de uma empresa de advocacia que uma ação civil coletiva foi movida na Corte do Distrito Central da Califórnia. Ela age em nome de um grupo de acionistas dos EUA que operam sob os símbolos de ação 'OTGLY' e 'OTGLF' e que são baseados nas ações da Companhia".
Comunicado oficial da CD Projekt Red


Fonte: CDPR

Cyberpunk 2077 foi lançado no dia 10 de dezembro para PC, PlayStation 4, Xbox One e Google Stadia. O jogo foi bastante criticado pelos seus bugs em todas as plataformas, mas o maior problema ficou por conta da sua versão nos consoles da geração passada: PS4 e XOne.

- Continua após a publicidade -

Nessas versões, o game tem dificuldade para manter 30 quadros por segundo e demora para carregar texturas ou modelos de personagens. Muitos analistas chegaram a dizer que o game está injogável nessas plataformas, e a CDPR se viu obrigada a criar condições especiais de reembolso para jogadores desses consoles.

"Os demandantes pedem para que a corte julgue se as ações tomadas pela empresa e pelos membros do seu Conselho de Administração em conexão com o lançamento de Cyberpunk 2077 constituem uma violação das leis federais. Por exemplo, ao enganar investidores e, consequentemente, causar danos a eles. A ação não especifica o tamanho da indenização que é buscada. A companhia vai tomar uma ação vigorosa para se defender contra essas alegações".
Comunicado oficial da CD Projekt Red

"Os demandantes pedem para que a corte julgue se as ações tomadas pela empresa e pelos membros do seu Conselho de Administração em conexão com o lançamento de Cyberpunk 2077 constituem uma violação das leis federais. Por exemplo, ao enganar investidores e, consequentemente, causar danos a eles. A ação não especifica o tamanho da indenização que é buscada. A companhia vai tomar uma ação vigorosa para se defender contra essas alegações".
Comunicado oficial da CD Projekt Red

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Bleeding Cool Fonte: CD Projekt Red
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.