Créditos: Divulgação/MSI

Carga da MSI com 224 placas RTX 3090 no valor de US$336,500 é roubada na China

A empresa relatou o roubo em 4 de dezembro e oferece recompensa para informações

A MSI acaba de reportar que teve uma carga de placas de vídeo NVIDIA GeForce RTX 3090 roubada. Se sabe que pelo menos 40 unidades de carga - que são as caixas de papelão lacradas com o selo de fabricante que são enviadas para o varejista, não contêineres de carga -, foram perdidas. Cada caixa contém entre cinco e seis placas. Estima-se que o prejuízo foi de cerca de US$ 336,500.

Até o momento não há muitas informações sobre os desvios. É de conhecimento que foi uma operação muito bem coordenada, sem suspeitos identificados. A MSI informa que está oferecendo uma recompensa de 100 mil yuan para qualquer informação sobre a carga roubada, principalmente para os funcionários que trabalham na fábrica onde ocorreu o furto. O caso foi enviado para as autoridades chinesas e está sob investigação. 

Ao total, cerca de 224 placas de vídeo com a GPU GeForce RTX 3090 foram desviadas de uma das suas fábricas da China, na primeira semana de dezembro. Devido a problemas da indústria, a fabricação de novas placas de vídeo, com a nova geração das GPUs da NVIDIA, estão muito escassas. O fornecimento em diversos países está muito reduzido e, mesmo arcando com custos maiores do que os anunciados, ainda não há produtos em mercado.

O que se especula é que todas as unidades devem ser vendidas em mercado paralelo, de modo não oficial. Pode ser que elas sejam comercializadas por valores muito altos, com margens de lucro maiores que o comum do varejo. Comprar produtos roubados é crime no Brasil. A pena por receptação é de um a quatro anos de reclusão, podendo a dobrar esse tempo se for identificada receptação qualificada. 

- Continua após a publicidade -

O prejuízo da MSI está sendo avaliado em 2,2 milhões de yuans, equivalente a aproximadamente US$ 336,500, ou ainda R$ 1,7 milhão. Os valores estão considerando apenas a atual cotação das moedas. Em valores reais do mercado, em relação a venda dos produtos para os varejistas, esse valor deve ser ainda maior. O caso foi reportado no dia 4 de dezembro e ainda não há maiores desdobramentos sobre o roubo.

Via: TechPowerUp
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.