Governo chinês fecha 60 mil sites pornográficos

A China estÁ vendo os resultados dos seus esforços em frear a pornografia na Internet e encerrou 2010 fechando um total de mais de 60 mil sites, segundo informações da agência Xinhua News.

A polícia chinesa ainda investigou 2.197 casos com 4.956 suspeitos de disseminar pornografia na rede, dos quais 1.332 foram condenados. Desses, 58 receberam uma sentença de cinco anos ou superior, de acordo com Wang Chen, chefe do Escritório de Informação do Conselho de Estado.


"Nossa campanha tem sido um enorme sucesso e o resultado não foi alcançado facilmente", declarou Chen, conforme a Reuters. "Nós tornamos o ambiente da Internet muito mais limpo do que era antes, quando havia muita pornografia disponível." Chen acrescentou que o governo verificou o material disponível em 1,79 milhões de sites e deletou 350 milhões de arquivos considerados pornogrÁficos ou sensuais.

A China, que tem a maior base de internautas do mundo, com 450 milhões de usuÁrios, começou a guerra contra a pornografia na web no final de 2009, quando as autoridades começaram a dar prêmios em dinheiro para pessoas que ajudassem a encontrar e denunciar esse tipo de conteúdo. Na época, um estudante chegou a receber o equivalente a R$2,5 mil.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.