Créditos: IGN

Youtuber de games Zangado tem canal com 4 milhões de inscritos hackeado

O YouTube já está ciente da situação, mas o canal permanece sem conteúdos

O youtuber Thiago Silva, conhecido na internet como Zangado, teve seu canal do YouTube com 4 milhões de inscritos hackeado. A situação ocorreu na terça-feira (1) e resultou no sumiço de todos os vídeos do criador de conteúdo.

Os usuários da plataforma notaram o problema por causa de mudanças realizadas no canal pelos cibercriminosos. Após assumirem o controle, os hackers modificaram o canal com foto e nome de Cathie Wood, investidora que comanda a empresa ARK Invest, e deixaram uma transmissão ao vivo rolando na plataforma.


(Imagem: YouTube/Captura de tela)

Em seguida, o canal foi modificado novamente e agora conta com o nome "Ethereum Foundation". O conteúdo feito pro Zangado permanece fora do ar e a plataforma só conta com um redirecionamento para outro canal sobre criptomoedas.

YouTube já está ciente da situação

Nesta quarta-feira (2), o youtuber publicou uma mensagem em seu Twitter confirmando a invasão ao canal e agradecendo o apoio do público nesse momento difícil. Logo após o caso ganhar visibilidade, internautas fizeram a hashtag #CanaldoZangado para chamar a atenção do YouTube sobre o assunto.

"Desde já agradeço todo o apoio que estou recebendo. Estou com fé que logo vamos resolver tudo isso e ter o canal de volta", disse o influenciador. "Tenho certeza que o YouTube está tentando resolver o quanto antes."

- Continua após a publicidade -

O YouTube confirmou que já está ciente da situação. Uma das contas oficiais da plataforma entrou em contato com Zangado por meio da publicação no Twitter. Até o momento, porém, o canal do criador de conteúdo segue fora do ar e sem nenhum conteúdo.

Hacks em alta

Para quem é inscrito do Zangado, a dica é evitar notificações enviadas pelo canal atualmente. Como os cibercriminosos possuem uma plataforma com 4 milhões de seguidores em mãos, é possível que o canal seja utilizado para espalhar golpes.

O youtuber é conhecido pela produção de conteúdos de games e seu canal completou 11 anos em 30 de novembro, um dia antes de a plataforma ser tomada. Apesar de os pormenores não terem sido revelados, a invasão possivelmente aconteceu com um ataque comum no site de vídeos. 

Desde o ano passado, alguns cibercriminosos estão se passando por empresas de games e enviando e-mails para criadores de conteúdo de médio e grande porte. A mensagem inclui um software para ser baixado, que normalmente é disfarçado como um gerenciador de anúncios ou uma demonstração de um game não lançado.

- Continua após a publicidade -

Quando o influenciador instala o programa, o hacker assume o controle do computador de maneira remota. Em seguida, o cibercriminoso muda a propriedade do canal do YouTube utilizando uma ferramenta da própria plataforma.

O golpe tem ganhado cada vez mais alcance no site de vídeos. Logo, se você é criador de conteúdo, evite baixar e instalar arquivos enviados por e-mail que parecem suspeitos.

Via: Mundo Conectado
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.