Créditos: Reprodução / UL

UL lança Procyon Benchmark para auxiliar criadores de conteúdo a escolherem um computador

Este novo benchmark utiliza os programas da Adobe para realizar os testes de desempenho

Underwriters Laboratories (UL) é uma empresa líder global em ciências de segurança, além disso, eles são responsáveis por diversos softwares de benchmark como, por exemplo, PCMark 10, 3DMark e VRMark. E hoje eles anunciaram o Procyon Benchmark, que é uma ferramenta que auxilia os criadores de conteúdo a escolherem um computador.

O UL Procyon Benchmark, sempre que possível, utiliza aplicativos reais para testar o desempenho dos computadores. Este novo produto está disponível em duas versões, o UL Procyon Photo Editing Benchmark e o UL Procyon Video Editing Benchmark. O primeiro foi pensado na edição de imagens e o segundo na edição de vídeos.

UL Procyon Photo Editing Benchmark

A versão deste benchmark para a edição de imagens utiliza o Adobe Lightroom Classic e o Adobe Photoshop para simular uma edição típica de imagem que inclui processamento em lote e retoque de imagem.

O software começa importando imagens no formato DNG para o Adobe Lightroom Classic e aplica diversas predefinições, algumas imagens são cortadas, corrigidas e modificadas. Após isto, o software começa a utilizar o Adobe Photoshop, fazendo várias edições e aplicando diversos efeitos de camada na imagem.

Portanto, a pontuação do benchmark é determinada de acordo com a velocidade em que o computador realiza estas tarefas. Lembrando que o desempenho do processador, da placa de vídeo e do armazenamento exercem grande influência na edição de imagens.

- Continua após a publicidade -

Para utilizar este benchmark é necessário que você tenha instalado em seu computador o Adobe Lightroom Classic 10.0 ou superior e o Adobe Photoshop 22.0 ou superior. Ademais, o UL Procyon Photo Editing Benchmark está custando à partir de US$ 995 por ano.

UL Procyon Video Editing Benchmark

Já a versão do benchmark para a edição de vídeos utiliza o Adobe Premiere Pro para simular a edição de um vídeo. Neste teste, ele importa dois arquivos de projeto de vídeo, no primeiro projeto são realizadas diversas edições, ajustes e efeitos, e no segundo projeto são usados vários efeitos que exigem aceleramento por placa de vídeo.

Após isto, os dois projetos são exportados em Full HD com a codificação H.264 e depois são exportados em 4K UHD com a codificação HEVC (H.265). A pontuação do benchmark é determinada pelo tempo que o computador demora para exportar os quatro vídeos.

Assim como na versão para edição de imagens, para utilizar este benchmark é necessário que o usuário tenha instalado em seu computador o Adobe Premiere Pro 14.5 ou superior. E o custo para adquirir o UL Procyon Video Editing Benchmark também é à partir de US$ 995 por ano.

Fonte: Guru3D
Tags
  • Redator: Amanda Favaro

    Amanda Favaro

    Apesar de gostar de jogar videogame desde sempre, a Amanda encontrou a sua verdadeira paixão em 2004, quando ganhou o seu tão almejado primeiro PC. De lá para cá se aprofundou cada vez mais sobre o assunto e hoje se considera uma entusiasta de hardware. Além disso, continua adorando jogar, a única diferença é que agora a sua plataforma principal é o PC.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.