Créditos: Divulgação Gigabyte

Gigabyte lançará NVIDIA NVLink para a série Geforce RTX 30

Apesar de apenas os modelos RTX 3090 suportarem a tecnologia, a empresa está desenvolvendo ponte SLI para as placas

Com o lançamento da nova linha de placas de vídeo da NVIDIA Geforce RTX Série 30, os entusiastas do SLI acabaram se decepcionando. Isso porque os modelos com preços mais populares da nova linha não suportam essa tecnologia. Mas a escolha da NVIDIA de suportar apenas no modelo topo de linha o SLI acabou não afastando as fabricantes parceiras, a Gigabyte anunciou hoje que lançará uma versão do NVLink para as placas RTX 3090 em breve.

A empresa anunciou que começará a vender de uma ponte NVLink, chamada de GC-ANVLINK, na semana que vem. Agora os usuários com duas placas dessas poderão conectar elas através de uma ponte otimizada para elas.

Porém criar uma configuração com vários vídeos pode ter vários problemas, entre eles o tamanho das RTX 3090. Afinal, não é fácil achar espaço para a placa e seus 3 coolers no gabinete, imagina para os 80 mm extras que será ocupado pela segunda placa, ocupando um total de 6 slots do gabinete.

Conheça as placas da RTX Series 30 da Gigabyte.

Fim do SLI?

- Continua após a publicidade -

Com o lançamento das novas RTX Série 30, a NVIDIA está limitando o suporte da tecnologia para um número bem menor de placas, oferecendo o suporte ao SLI para apenas a placa topo de linha da série.

Isso faz parte de um movimento antigo da empresa, que aos poucos está diminuindo o suporte dos modelos ao trabalho em multi-GPU. No começo da linha RTX, apenas os modelos tops de linhas ofereceram suporte a tecnologia, algo que na série GTX 1000 funcionava até nos modelos intermediários.

Um dos motivos que está por trás da empresa está largado aos poucos o multi-GPU é o custo benefício. Várias vezes comprar duas placas iguais para fazer o SLI acabava se tornando mais caro que comprar um modelo superior, além de não apresentar um grande aumento no desempenho.

Além disso, as dificuldades que o SLI e CrossFire, tecnologia de multi-GPU da AMD, trazem para os desenvolvedores acaba tornando essa tecnologia muito difícil de ser aproveitada

- Continua após a publicidade -

Os problemas de desempenhos, junto ao custo alto para realizar um SLI, acabavam afastando os consumidores interessados em realizar um multi-GPU. Fazendo com que apenas entusiastas ainda utilizem a tecnologia para jogos.

Com isso a própria empresa perdeu o interesse em seguir esse caminho, reduzindo cada vez mais os modelos com suporte a SLI.

Via: Guru 3D Fonte: Gigabyte
Tags
  • Redator: Willian Ferreira

    Willian Ferreira

    Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.