Créditos: HSMC

Estatal chinesa HSMC enfrenta atrasos na construção de sede em Wuhan

A fabricante de semicondutores é uma das principais rivais da TSMC

A estatal chinesa Wuhan Hongxin Semiconductor Company (HSMC), empresa chinesa de fabricação de chips, enfrentou restrições de financiamento que interromperam a construção de uma fábrica na Zona de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico do Aeroporto de Wuhan, na província de Hubei. 

A paralisação das obras ocorre depois que os terceirizados, contratados para a construção, não receberam seus pagamentos a tempo e a empresa encontrou dificuldades em conseguir tecnologias de fabricação após as sanções americanas, conforme sugerem relatos da mídia local.

TSMC anuncia planos para processo em 2nm em nova fábrica em Taiwan

TSMC anuncia planos para processo em 2nm em nova fábrica em Taiwan
Terreno já está preparado para novas instalações em Hsinchu para fabricação dos chips

 

As preocupações sobre os atrasos na construção da HSMC em Wuhan vieram à tona na "Análise da Operação Econômica dos Campos de Investimento e Construção no Distrito de Dongxi Lake na Primeira Metade do Ano", divulgada pelo governo no final de julho. 

O relatório mencionou um “gap de financiamento” ocasionado por uma quebra na “cadeia de capital” do projeto, destacando que os terceirizados responsáveis pela finalização da instalação não foram pagos e, posteriormente, o projeto corria o risco de atraso ou abandono.

- Continua após a publicidade -

HSMC/Reprodução

Funcionários do distrito de Dongxihu da cidade de Wuhan confirmaram esses atrasos ao público após pedidos de informações no final de agosto e afirmaram que haviam suspendido as investigações sobre o projeto após problemas na cadeia de capital no projeto. 

Investigações conduzidas por repórteres do Daily Business News, que visitaram o canteiro de obras no início deste mês, revelaram que os dois prédios de quatro andares no local do projeto estavam desprovidos de sinais claros de que havia uma construção ali, com redes de segurança verdes sendo instaladas em apenas duas fachadas.

Funcionários da empresa Wuhan Hongxin, que administra as instalações do HSMC, negaram os pedidos de entrevistas e impediram os repórteres de entrar no local. 

Os repórteres não conseguiram encontrar nenhum veículo de construção nas instalações da Wuhan Torch Construction Group Co., Ltd., que é a empreiteira geral do projeto, e funcionários do Torch Group negaram os pedidos de entrevistas.

- Continua após a publicidade -

 

Os detalhes presentes no site do HSMC revelam que o projeto custará cerca de US $ 20 bilhões. Se esses atrasos na construção persistirem, então este investimento será colocado em risco, a menos que um terceiro adquira as instalações e equipamentos da HSMC. 

A desaceleração interrompeu o que é o projeto mais ambicioso da China para a fabricação de chips caseiros, que muitos esperavam que acabasse reduzindo a dependência do país de chips de origem estrangeira.

 

Fonte: WCCFTech
Tags
  • Redator: Iraci Falavina

    Iraci Falavina

    Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Iraci é apaixonada por games,principalmente se tiverem uma boa história. Também se interessa por animes e cinema e não recusa uma boa xícara de chá. Editora-chefe do programa de jogos do curso, o Insira a Ficha.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.