Créditos: Reprodução/Google

Nvidia bate recorde com US$ 4,73 bilhões na receita do terceiro trimestre

Empresa anunciou um aumento de 57% em relação ao mesmo período no ano anterior
Por Mariela Cancelier 21/11/2020 19:11 | atualizado 21/11/2020 19:36 Comentários Reportar erro

A Nvidia anunciou que alcançou um recorde na sua receita do terceiro trimestre de 2020 com US$ 4,73 bilhões, um aumento de 57% em relação aos US$ 3,01 bilhões do mesmo período no ano anterior. Esses números também representam um crescimento de 22% (US$ 3,87 bilhões) se comparados com o segundo trimestre de 2020.

Resultados Financeiros Nvidia Q3

O destaque continua sendo para o setor de data centers, que cresceu bastante nos últimos meses para a empresa. Só nesse segmento, a receita do terceiro trimestre foi de US$ 1,90 bilhão, um aumento de 8% em relação ao trimestre anterior e de 162% em relação ao ano anterior. Para os games, a Nvidia registrou US$ 2,27 bilhões, 37% a mais que o mesmo período em 2019.

Na área de Visualização Profissional, a receita do terceiro trimestre foi de US$ 236 milhões, um aumento de 16% em relação ao trimestre anterior e uma queda de 27% em relação ao ano anterior. Já no setor automotivo, a receita do período foi de US$ 125 milhões, um aumento de 13% em relação ao trimestre anterior e uma queda de 23% em relação ao ano anterior.

Confira abaixo algumas ações do terceiro trimestre de 2020 destacadas pela Nvidia:
- Introdução da NVIDIA BlueField-2 DPU (unidade de processamento de dados) - suportada por NVIDIA DOCA, uma nova arquitetura de infraestrutura em chip de data center - para trazer desempenho de rede, armazenamento e segurança inovadores para todos os data centers.
- Parceria com a VMware para criar uma plataforma empresarial ponta a ponta para IA e uma nova arquitetura para data center, nuvem e na ponta (edge) usando NVIDIA DPUs, beneficiando mais de 300 mil clientes VMware.
- Revelação da NVIDIA Maxine, uma plataforma de streaming de vídeo com Inteligência Artificial, que aprimora a qualidade de streaming e oferece recursos alimentados por IA, como correção de olhar, super resolução, cancelamento de ruído e re-iluminação facial.
- Introdução das GPUs NVIDIA RTX A6000 e NVIDIA A40, construídas na arquitetura NVIDIA Ampere e apresentando novos núcleos RT, Tensor Cores e núcleos CUDA.
- Parceria com a GSK para integrar plataformas de computação para imagens, genômica e IA no processo de descoberta de medicamentos e vacinas.
- Anuncio de um acordo definitivo para adquirir a Arm Limited, da SoftBank Capital Limited e SVF Holdco (UK) Limited, em uma transação avaliada em US$ 40 bilhões. A aquisição combinará a plataforma líder de computação de Inteligência Artificial da NVIDIA com o vasto ecossistema da Arm para criar a principal empresa de computação para a era da IA. A transação deve ser concluída no primeiro trimestre do calendário de 2022.

- Continua após a publicidade -

Fonte: Nvidia News
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Qual a sua marca de mouses para jogos favorita? - Pesquisa de Periféricos 2020

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.