Apple passa Petrochina e se torna a segunda empresa mais valiosa do mundo

A Apple se tornou a segunda empresa mais valiosa do mundo na tarde desta terça-feira. A gigante produtora dos iPhones, iPods, iPads e Macintoshs passou a Petrochina na cotação da Bolsa de Valores norte americana. O valor estimado da empresa é de US$298 bilhões, enquanto a estatal chinesa vale por volta de US$297 bilhões. A empresa mais valiosa continua sendo a Exxon Mobil, avaliada em US$368 bilhões.

A companhia vive uma longa fase de valorização desde que seu cabeça, Steve Jobs, voltou para lÁ, em 1997. Desde então, a empresa viu suas ações saltarem de US$7,4 para US$325 cada.  Seu maior salto no mercado foi com a criação do iPhone, em 2007. Em 2010 a empresa sofre uma nova grande valorização, quando apresentou o iPad para o mundo.

Neste ano a Apple jÁ havia passado a Microsoft e se tornado empresa de tecnologia mais valiosa do mundo. O Google aparece só na 14ª colocação, com valor estimado de US$193 bilhões. Até o final de 2008 a Apple sequer aparecia entre as 50 empresas mais valiosas da lista.

Assuntos
Tags
  • Redator: Gian Kojikovski

    Gian Kojikovski

    Peixe fora d'água, Gian Kojikovski demorou em entrar no mundo da tecnologia. Ganhou seu primeiro computador aos 11 anos mas só foi descobrir como usá-lo aos 13. Desde então, gastou tardes e madrugadas entre os clássicos The Sims e GTA II. É estudante de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina e tem interesse em pesquisas na área de smartphones.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.