Créditos: TSMC | Divulgação

TSMC aprova gasto de US$3,5 bilhões em fábrica para produção de 5nm nos EUA

A construção da fábrica no Arizona deve iniciar em 2021

A gigante taiwanesa Taiwan Semiconductor Manufacturing Co. (TSMC) acabou aprovar um projeto com custo de US$3,5 bilhões para construção de uma nova fábrica no Arizona. É um projeto ambicioso financiado não só pela empresa, mas também pelo governo federal dos Estados Unidos e pelo estado do Arizona. Os primeiros wafers a serem lançados comercialmente devem surgir em meados de 2024.

Créditos: TSMC

A construção desta fábrica deverá iniciar em 2021, com expectativas de operar com um volume de produção de 20.000 WSPM (wafer starts a month) ao seu término. Espera-se que sejam produzidos chips nos processos de fabricação N5 e N5P (5nm), porém não há informações oficiais sobre o N4, embora seja bastante provável que este também seja produzido. Esta deverá ser a mais avançada fábrica da TSMC fora de Taiwan, porém não há expectativas de produção do nó N3, que está programado para entrar em produção no segundo semestre de 2022, exclusivamente em Taiwan.

Diversos clientes-chave da empresa (Apple, Nvidia, AMD, Qualcomm) são americanos, sendo que alguns destes clientes costumam utilizar o que há de mais avançado no que diz respeito a processos de fabricação, além de comprarem volumes significativamente altos. E é por conta disso que existem as GigaFabs em Taiwan, com uma produção de 100.000 WSPM. Olhando por esse prisma, a produção de 20.000 WSPM pode acabar não sendo capaz de suprir, pelo menos nos primeiros anos, a alta demanda dos clientes norte-americanos.

- Continua após a publicidade -

Ainda assim, tais ações por parte da TSMC dentro do território norte-americano devem expandir sua presença dentro do país e ainda que não exista uma expectativa de produção alta, sua criação poderá resultar em inúmeras vantagens para a empresa, como uma aproximação do governo para produção de chips para fins militares e não militares. 

Créditos: TSMC

Além disso, a empresa pretende gastar, entre 2021 e 2029, um total de US$12 bilhões nesta nova fábrica, empregando um total de cerca de 1600 funcionários de forma direta e outros milhares de forma indireta. Considerando que a Intel Corp. já possui inúmeras fábricas nos estados de Arizona e Oregon, a TSMC poderá se beneficiar desta cadeia logística já existente.

Finalmente, no mesmo evento em que foi deliberada a aprovação da fábrica no Arizona, também foram aprovados gastos na casa dos US$15.1 bilhões (aproximadamente NT$430.6 bilhões) para construção de novos métodos de produção em Taiwan.

Fonte: Tom's Hardware, TweakTown
  • Redator: João Cardoso

    João Cardoso

    Jogador não mais tão assíduo quanto já foi, mas que vive experiências desde o Atari 2600 e fliperamas. Começou sua jornada no mundo dos hardwares em 2004 e a partir de então começaram buscas cada vez mais aprofundadas sobre tecnologia em geral. Eterno azarado da loteria do silício.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.