AOL gastou US$300 milhões para distribuir CDs nos anos 90

Quem viveu nos anos 90 deve lembrar dos CDs que chegavam pelo correio enviados pela AOL oferecendo um período de Internet grÁtis. Eram tantos os discos que chegavam que muita gente tentou, pelo menos uma vez, utilizar o serviço e outros tiveram seu primeiro contato com a rede dessa forma.

Você jÁ se perguntou quanto a AOL gastou com essa estratégia de marketing? "Muito", respondeu o CEO da companhia na época, Steve Case, no site de perguntas e respostas Quora.  E tem mais: cerca de 50% dos CDs do mundo inteiro chegaram a ter o logotipo da AOL estampado.


A informação é da gerente de marketing da época, Jan Brandt, que trouxe números mais específicos sobre a empreitada. Foram gastos mais de US$300 milhões na distribuição dos CDs, o que rendeu ao provedor um novo assinante a cada seis segundos.

"Quando nós viemos a público em 1992, tínhamos menos de 200 mil clientes. Uma década depois, o número estava na casa dos 25 milhões", lembra Case. E no momento da fusão com a Timer Warner, a empresa valia US$150 bilhões. Ou seja, aparentemente investir milhões de dólares em uma distribuição massiva de CDs deu mesmo muito certo.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual a sua marca de mouses para jogos favorita? - Pesquisa de Periféricos 2020

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.