Créditos: Divulgação | AMD

Placas de vídeo Radeon RX 6000 terão ganho de desempenho combinadas com Ryzen 5000

Também será necessário ter uma placa-mãe da série 500

Aconteceu ontem o evento de anúncio das novas placas de vídeo Radeon RX 6000 da AMD e, com elas, a empresa apresentou uma nova tecnologia que promete aumentar o desempenho do sistema caso ele conte também com um processador Ryzen 5000. O recurso se chama  Smart Access Memory e, para entregar o resultado prometido, melhora a transferência de dados entre a CPU e a GPU.

Você também precisará de uma placa-mãe da série 500!

Uma ressalva nessa novidade é que, além de uma Radeon RX 6000 e Ryzen 5000, também é necessário tem uma placa-mãe da série 500, que receberá uma atualização de BIOS que disponibilizará o Smart Access Memory. A AMD não deu todos os detalhes dessa tecnologia até o momento, mas sabemos como ela funciona no geral.

Ao ativar o Smart Access Memory na vBIOS da Radeon RX6000 e na BIOS da placa-mãe, a CPU e a GPU ganharão acesso total à memória uma da outra. Isso, por sua vez, maximizará o desempenho de transferência de dados entre a CPU e os 16 GB de VRAM na placa da GPU.

- Continua após a publicidade -

De acordo com a AMD, a CPU e a GPU geralmente são restritas a uma "abertura" de 256 MB para transferências de dados. Isso acaba limitando o desempenho do sistema. Porém o Smart Access Memory remove essa limitação, fazendo com que as velocidades de transferência de dados fiquem mais rápidas.

Como o Tom'sHardware menciona, "mover dados sempre custa mais energia do que realmente executar operações de computação com eles, portanto, a simplificação do processo resulta em melhor desempenho e maior eficiência de energia".

O novo Infinity Cache também aproveita os caminhos de dados redesenhados para maximizar o desempenho. Ele aumenta a escala de desempenho por clock conforme a frequência aumenta em grande parte porque a GPU estaria menos restrita a limites de largura de banda de memória externa. A AMD afirma que ele equivale a um aumento de 10% na eficiência de energia e dobra a largura de banda (aumento de 117%) com menor consumo de energia do que a memória tradicional.

- Continua após a publicidade -

As placas Radeon RX 6000 também suportarão a API DirectStorage, que reduz os tempos de carregamento de jogo, e é possível que isso também possa se beneficiar do recurso Smart Memory Access.

A AMD diz que os desenvolvedores terão que otimizar os jogos para o recurso Smart Memory Access. Então, pode demorar um pouco mais para vermos esse recurso fazendo diferença na prática.

Via: Tomshardware
Tags
amd
  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Um dos maiores hypes dos games chegou. Como você vai em Cyberpunk 2077

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.