Créditos: Divulgação: Activision/Blizzard

Seu PC vai encarar o Call of Duty Cold War? Veja os requerimentos e tecnologias!

Também batemos um papo com a equipe da Beenox, que prepara a versão pra PC

A Beenox liberou a lista de melhorias do Call of Duty Black Ops: Cold War em sua versão para PC, bem como os requerimentos para rodar o jogo em diferentes ajustes gráficos e tecnologias habilitadas. Também tivemos a oportunidade de bater um papo com Marc-Alexandre Boulanger-Milot, que é diretor de interfaces na Beenox e contou um pouco mais do processo de adaptação do game para os computadores.

Começando pelos recursos do PC, temos:

Opções de Customização Expansivas: A Beenox, junto com Treyarch e demais estudos, trabalharam muito para trazer mais de 200 configurações individuais para a versão de PC de Black Ops Cold War. Desde configuração de teclas e a capacidade de jogar em controle, até gráficos, áudio e controles detalhados de interface.

Gráficos 4K  e Framerate sem limites: Se a sua máquina pode tanto rodar jogos em 4k  quanto deixar o framerate na casa dos três dígitos, se prepare para usar esse recurso em Call of Duty: Black Ops Cold War

Ultrawide e Suporte Multi-Monitor: Black Ops Cold War não limitará o jogador a apenas um monitor, permitindo que o jogo rode em telas múltiplas ou monitor Ultrawide 

Junte o time com Crossplay: não importa a plataforma em que seus amigos jogam, com o Crossplay todos podem batalhar juntos 

- Continua após a publicidade -

A empresa também trabalhou em conjunto com a Nvidia para trazer um conjunto de tecnologias exclusivas aceleradas pelos hardwares presentes nas GeForces da linha RTX:

Sombras RTX e oclusão ambiental: Essas duas características podem criar sombras mais realistas que ajudam o jogador em uma imersão mais completa

NVIDIA DLSS e Tecnologia Reflex: o jogo trará tanto a NVIDIA DLSS (Deep Learning Super Sampling) que já testamos por aqui em vários artigo, quanto a Tecnologia Reflex, recurso que auxilia a garantir o mínimo de delay possível entre seu clique ou aperto de botões e o que acontece na tela. 

Abaixo, a lista de especificações e a descrição do nível de performance que a desenvolvedora espera que o gamer seja capaz de atingir:

- Continua após a publicidade -

Especificações Mínima

- OS: Windows 7 64-Bit (SP1) ou Windows 10 64-Bit (v.1803 ou maior)
- CPU: Intel Core i3-4340 ou AMD FX-6300
- RAM: 8GB RAM
- HDD (no lançamento): 50GB (apenas MP), 175GB (todos os modos)
- Video: NVIDIA GeForce GTX 670 / GeForce GTX 1650 ou Radeon HD 7950
- É necessário Sistema compatível com DirectX 12
- Necessária conexão à internet banda larga 

Especificações recomendadas

Abaixo as especificações recomendadas para rodar em 60FPS na maioria das situações, com opções marcadas em médio

- OS: Windows 10 64 Bit (última atualização)
- CPU: Intel Core i5-2500K ou processador AMD Ryzen R5 1600X 
- RAM: 12GB RAM
- HDD (no lançamento): 175GB HD de espaço
- Video: NVIDIA GeForce GTX 970 / GTX 1660 Super ou Radeon R9 390 / AMD RX 580
- É necessário Sistema compatível com DirectX 12
- Necessária conexão à internet banda larga 

Especificações Recomendadas (Ray Tracing)

Abaixo as especificações recomendadas para jogar com o Ray Tracing ativado: 

- OS: Windows 10 64 Bit (última atualização)
- CPU: Intel i7-8700K ou AMD Ryzen 1800X
- RAM: 16GB RAM
- HDD (no lançamento): 175GB HD de espaço
- Video: NVIDIA GeForce RTX 3070
- É necessário Sistema compatível com DirectX 12
- Necessária conexão à internet banda larga 

Especificações de Competitivo

Abaixo as especificações para jogar em modo competitivo, para rodar com alto framerate em monitores com alta taxa de atualização de quadros:

- OS: Windows 10 64 Bit (última atualização)
- CPU: Intel i7-8700K ou AMD Ryzen 1800X
- RAM: 16GB RAM
- HDD (at launch): 175GB HD de espaço
- Video: NVIDIA GeForce GTX 1080 / RTX 3070 ou Radeon RX Vega64 Graphics
- É necessário Sistema compatível com DirectX 12
- Necessária conexão à internet banda larga 

Especificações Ultra RTX 

Especificações Ultra RTX para rodar com alto framerate em 4K com Ray Tracing ativado:

- OS: Windows 10 64 Bit (última atualização)
- CPU: Intel i9-9900K ou AMD Ryzen 3700X
- RAM: 16GB RAM
- HDD (at launch): 250GB HD de espaço
- Video: NVIDIA GeForce RTX 3080
- É necessário Sistema compatível com DirectX 12
- Necessária conexão à internet banda larga 

Papo com desenvolvedor

Tivemos a oportunidade de bater um papo com Marc-Alexandre Boulanger-Milot, que é diretor de interfaces na Beenox, empresa que está encarregada do desenvolvimento da versão para PC. Na conversa, perguntamos sobre como é feito o processo de adaptação e testes do jogo para o computador.

Segundo Boulanger-Milot, o trabalho envolve múltiplos estúdios, com equipes de testes em ação em mais de um lugar e envolvendo outros estúdios relacionados a Activision/Blizzard. Quando perguntamos estimativas de PCs usados nos testes, nossa estimativa de centenas foi corrigida para "mais que isso".

Os testes são feitos através de scripts para realizar uma série de ações. Além de tentar buscar por falhas em diferentes configurações de hardware, diferentes softwares são testados. "Precisamos saber se algum software muito popular entre gamers e que possivelmente aberto em paralelo, como o Discord, não vai causar alguma falha", exemplifica Boulanger-Milot.

Além dos testes internos, os beta abertos são um momento crucial, onde a equipe recebe muitos feedbacks. "As vezes a gente se preocupa muito com coisas como bugs ou elementos da interface desalinhados, e esse retorno nos dá uma noção mais clara de coisas que importam de verdade para alguém jogando o jogo", brinca.

O desenvolvimento para PC envolve vários desafios que vão além da variedade de hardware. "Tem jogadores que querem jogar no gamepad, mas para fechar um menu vai querer apertar ESC. É preciso pensar interfaces coerentes, e focamos em tornar a experiência consistente independente de como você prefere jogar, e até trocar quando quiser os comandos".

Isso levou a uma adaptação para tornar a experiência mais equilibrada entre PC e console nos comandos. "No gamepad, você tem a opção de inclinar só um pouco o analógico e andar mais devagar, fazendo menos barulho. Vamos adicionar uma função para o que alguém no teclado também possa andar 50% mais lento, produzindo menos barulho, assim como alguém já consegue no controle".

O campo de visão também foi um desafio, com a inclusão do suporte a configurações excêntricas como multimonitor ou telas ultra wide ou maiores, como 31:9. "Fizemos ajustes no campo de visão para corrigir múltiplas distorções que esses formatos mais incomuns."

Call of Duty Black Ops Cold War será lançado em 13 de novembro e também contará com versões para consoles da nova geração.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual a sua marca de mouses para jogos favorita? - Pesquisa de Periféricos 2020

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.