Hologramas em celulares vêm em cinco anos, diz IBM

Em cinco anos, os celulares serão capazes de produzir hologramas de amigos e colegas se movendo em tempo real, dizem pesquisadores da IBM. "Nós vemos a tecnologia (de vídeo) 3D indo para os telefones celulares, eles terão capacidade de transmitir informação para fora do celular criando um holograma, projetando-o em qualquer superfície em tamanho real", disse Paul Bloom, CTO de pesquisas em telecomunicação da IBM, em entrevista recente.

Com um celular que produz hologramas, o usuÁrio estaria apto a andar próximo ao holograma de um amigo, ou um trabalhador poderia utilizar a imagem em 3D de um produto para reparÁ-lo, por exemplo.

A IBM jÁ trabalha em seus laboratórios para desenvolver um tipo de celular que utilize essa tecnologia, e Bloom disse que um protótipo deve estar pronto em até cinco anos. Para que o projeto se torne real, as câmeras que seria utilizadas para criar o holograma devem ser miniaturizadas e precisam ser criados softwares que consigam receber e formar as imagens dessas câmeras.

O celular capaz de produzir hologramas foi colocado na "IBM next five in five", lista criada pela empresa que cita cinco tecnologias que irão mudar a vida das pessoas nos próximos cinco anos. As outras são: baterias de lítio que utilizarão ar para se recarregar, computadores que ajudarão a distribuir recursos energético nas cidades, navegação em GPS personalizada vinda interação de muitos dispositivos diferentes e telefones celulares utilizados como sensores para monitorar abalos sísmicos e outros fenômenos terrestres. Bloom disse que a IBM jÁ estÁ trabalhando nos estÁgios iniciais de todas essas inovações.

Abaixo, confira o vídeo com as cinco novidades da IBM para os próximos cinco anos:

- Continua após a publicidade -

Assuntos
Tags
  • Redator: Gian Kojikovski

    Gian Kojikovski

    Peixe fora d'água, Gian Kojikovski demorou em entrar no mundo da tecnologia. Ganhou seu primeiro computador aos 11 anos mas só foi descobrir como usá-lo aos 13. Desde então, gastou tardes e madrugadas entre os clássicos The Sims e GTA II. É estudante de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina e tem interesse em pesquisas na área de smartphones.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.