GameStop receberá parte das vendas de cada Xbox

Em parceria com a Microsoft, a varejista também ganhará por cada jogo, microtransação e assinatura feita nos consoles vendidos

A Microsoft e a GameStop fecharam um acordo que concede à GameStop uma parte da receita de vendas digitais para cada Xbox de última geração que a rede de varejo de jogos vender. 


 

As empresas publicaram um comunicado à imprensa sobre sua colaboração na semana passada, mas o documento focou principalmente nos funcionários da GameStop que usam soluções em nuvem da Microsoft e produtos de hardware. 
 
No entanto, o site Ars Technica destacou uma linha vaga despercebida que merece mais atenção: “A GameStop e a Microsoft se beneficiarão da aquisição do cliente e do valor da receita vitalícia de cada jogador trazido para o ecossistema do Xbox”.

Créditos: Grossmont Center

Justin Dopierala, presidente da firma de investimento Domo Capital, disse à Ars que recebeu um e-mail do representante de Relações com Investidores da GameStop, Eric Cerny, com a declaração: “Podemos declarar que receberemos uma parte da receita downstream de qualquer dispositivo que trouxermos para o ecossistema do Xbox”.
 
O analista da Loop Capital , Anthony Chukumba, confirmou o que Dopierala disse, acrescentando que, além da venda dos consoles, a GameStop receberá uma porcentagem da receita de cada jogo completo e DLCs, cada microtransação e cada assinatura feita através de um Xbox Series X ou Series S que vendeu em suas lojas. 

- Continua após a publicidade -

 

Além disso, é importante lembrar que  a mensagem direcionada à imprensa menciona “valor de receita vitalício”. Ou seja, a GameSpot receberá dinheiro da Microsoft durante a vida útil de cada console.
 
O editor executivo do BWW Media Group, Brad Sams, chamou a atenção para o acordo na semana passada e destacou a confirmação da Domo Capital:

 
 

Ainda não há informações a respeito da parcela concedida à GameStop. Nenhuma das empresas revelou os detalhes da nova parceria, embora Dopierala acredite que ela pode representar de um a 10 por cento de toda a receita digital. 
 
Outra coisa que ainda não está clara é se o acordo envolve a GameStop tentar vender mais consoles Xbox do que PlayStations. Esta é uma pergunta que será respondida em novembro, após o lançamento oficial de todos. 

Fonte: Engadget
  • Redator: Iraci Falavina

    Iraci Falavina

    Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Iraci é apaixonada por games,principalmente se tiverem uma boa história. Também se interessa por animes e cinema e não recusa uma boa xícara de chá. Editora-chefe do programa de jogos do curso, o Insira a Ficha.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.