Créditos: Xbox

Phil Spencer diz que compra da Bethesda pode se pagar sem lançamentos no PS5

O chefão do Xbox também disse que não pretende "tirar os games de outros jogadores"

O chefe da divisão de games da Microsoft, Phil Spencer, deu uma entrevista ao Kotaku recentemente e comentou sobre a aquisição de Bethesda, que foi comprada pela Xbox em um acordo de US$ 7,5 bilhões. Dentre todas as falas do executivo sobre o futuro da marca, uma declaração em especial ganhou destaque: Spencer disse que o acordo pode se pagar sem a empresa lançar jogos como The Elder Scrolls VI no PlayStation 5.

 O jornalista Stephen Totilo perguntou a Spencer: "é possível recuperar um investimento de $ 7,5 bilhões se você não vender Elder Scrolls VI no PlayStation?" O executivo foi bem direto: "sim".

Em seguida, Phil Spencer discorreu sobre o assunto dizendo que não quis soar "sacana" com a resposta e reiterou que a compra não foi feita para "tirar os jogos" da Bethesda de outros jogadores. Porém, ele diz acreditar que a divisão de games da Microsoft consegue levar os games para um grande público com as suas soluções, como os consoles Xbox, Game Pass e PC.


(Imagem: Xbox/Reprodução)

"Este acordo não foi feito para tirar jogos de outra base de jogadores como essa [PlayStation]. Em nenhum lugar da documentação que reunimos estava: 'como evitamos que outros jogadores joguem esses jogos?'", disse Spencer. "Queremos que mais pessoas possam jogar, e não menos pessoas possam jogar".

"Eu não tenho que entregar os jogos em qualquer outro lugar além das plataformas que oferecemos suporte para fazer o negócio funcionar para nós"

- Continua após a publicidade -

Por outro lado, a possibilidade de deixar os jogos apenas nas plataformas da Microsoft está na mesa. "Mas também digo no modo - estou apenas respondendo diretamente à sua pergunta - quando penso sobre onde as pessoas vão jogar e o número de dispositivos que possuímos, e temos xCloud, PC, Game Pass e nossa base de consoles", explica Phil Spencer. "Eu não tenho que entregar os jogos em qualquer outro lugar além das plataformas que oferecemos suporte para fazer o negócio funcionar para nós. O que quer que isso signifique.”

A declaração é bastante evasiva e não crava que a empresa realmente vai deixar de lançar jogos da Bethesda no PlayStation 5, apesar de levantar a possibilidade. Anteriormente, Phil Spencer disse que o lançamento dos títulos da empresa em outras plataformas será analisado "caso por caso".

O Kotaku também destaca que mesmo com os lançamentos multiplataforma, os consoles da Microsoft ainda teriam as vantagens do Game Pass a seu favor. Enquanto o PS5 receberia os jogos com preço cheio, os jogos da Bethesda chegarão ao Xbox Series X e S diretamente no serviço de assinatura.

Os jogos da Microsoft para o Game Pass também chegam para PC no dia do lançamento. Além disso, a empresa possui a plataforma xCloud, integrada na assinatura, que leva os games ao Android e, futuramente, ganhará versões para iOS, computador e até Xbox One.

Via: Kotaku
Assuntos
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.