Créditos: Sugon/Yuuki_AnS

Empresa chinesa de servidores Sugon usa uma Radeon VII customizada que não devia existir

Modelo não é fabricado pela AMD e empresa está na lista de restrições de exportação dos EUA

Nessa semana começaram a circular imagens na internet de uma Radeon VII customizada para computação de alta performance que poderia ser usada em servidores na forma de uma placa "mezanino". O problema é que essa placa não deveria existir.

É como a Radeon Instinct MI50, feita para computação de alto nível, mas que a AMD só oferece no formato add-in. Nas imagens da placa "misteriosa", podemos ver nitidamente a assinatura da Sugon, uma empresa chinesa de servidores e super-computação. Isso indicaria que a Sugon customizou a placa ou que as placas foram feitas especialmente para ela.

Neste caso aparece outro problema. A Sugon está na lista de restrições a exportação para China dos EUA. Antes mesmo do governo Trump - que restringiu bem mais o que pode ser vendido dos EUA pra China e vice-versa -  a Sugon já não poderia importar um componente com essa performance toda da AMD.

Contatada pelo Tom's Hardware para esclarecer o assunto, a fabricante de Radeons afirma que obedece as ordens regulatórias do governo norte-americano e que não ofereceu componentes para super computação à Sugon. E isso incluiria as Radeon Instinct MI50 e MI60.

- Continua após a publicidade -

A AMD confirmou ainda que as imagens mostradas nas fotos realmente parecem uma Radeon VII customizada, mas disse que não sabe como a Sugon está obtendo seus componentes, e reiterou que não oferece assistência técnica ou suporte ao produto.

A placa aparece com marcações "pre-Wukong Sample", que são um indicativo de que o produto que aparece nas fotos foi feito a partir de amostras pré-produção de 2018, ano em que a Sugon já não poderia importar essa GPU dos EUA, mesmo antes da nova lista de restrições do governo atual, segundo o Tom's Hardware.

Qualquer empresa especializada em high-performance computing (HPC) deve ter técnicos capazes de customizar uma GPU para atender aos seus fins, então não chega a ser tão surpreendente que a Sugon conseguiria fazer isso com uma Radeon VII para transformá-la numa Instinct MI50 no formato que a companhia prefere.

- Continua após a publicidade -

O mistério aparece mesmo no volume. Como a Sugon consegue unidades suficientes dessa GPU para usá-la em seus servidores? Dificilmente a empresa estaria conseguindo de revendas, já que esse tipo de produto não é vendido em massa diretamente para empresas.

Fonte: Tom's Hardware
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.