Créditos: Nvidia

Nvidia anuncia RTX A6000 e A40, levando GPUs Ampere para criadores profissionais

Empresa promete "desempenho incomparável para desktops, data centers e nuvem"

A Nvidia anunciou nessa semana a chegada da sua geração Ampere de GPUs para os criadores profissionais. Controvérsias com a RTX 3090 à parte, são as novas RTX 6000 e Nvidia A40 que a fabricante recomenda oficialmente para o uso profissional, para um "desempenho incomparável para desktops, data centers e nuvem", como diz a empresa.


RTX A6000 (Divulgação/Nvidia)

"A arquitetura Ampere auxiliou no desenvolvimento de novas GPUs com ótimo custo-benefício, auxiliando assim a democratizar o acesso da tecnologia para profissionais no mundo inteiro. A chegada da NVIDIA RTX A6000 e NVIDIA A40 tem um imenso potencial para as empresas na região da América Latina."
Marcio Aguiar, diretor da Nvidia para a América Latina

"A arquitetura Ampere auxiliou no desenvolvimento de novas GPUs com ótimo custo-benefício, auxiliando assim a democratizar o acesso da tecnologia para profissionais no mundo inteiro. A chegada da NVIDIA RTX A6000 e NVIDIA A40 tem um imenso potencial para as empresas na região da América Latina."
Marcio Aguiar, diretor da Nvidia para a América Latina

As GPUs trazem a arquitetura Ampere, o que significa a chegada de RT Cores de segunda geração e Tensor Cores de terceira geração, além de novos núcleos CUDA. Mas talvez o que mais chama a atenção é a memória das RTX A6000 e da Nvidia A40. Se você achava os 24GB da RTX 3090 um exagero, as novas placas voltadas para criadores oferecem 48GB de memória, e a empresa destaca ainda que pode chegar nos 96GB se você fizer um SLI com o novo NVLink. Isso mesmo, a RTX A6000 marca a segunda opção de GPUs Ampere compatível com SLI, mas claro, para um uso bem diferente do que rodar games.

A empresa destaca alguns depoimentos de clientes no lançamento de suas placas. O pessoal da Blackmagic comentou especialmente sobre a capacidade da memória:

- Continua após a publicidade -

"Ficamos impressionados com o desempenho consideravelmente superior da NVIDIA RTX A6000, melhor que o da geração anterior de GPUs, tanto nas funções gerais de gradação quanto nas ferramentas recentes baseadas em IA. A memória principal de 48 gigabytes aprimorou muito os fluxos de vídeos RAW em 8K e 12K da Blackmagic, deixando o desempenho na edição e na gradação mais fluído."
Dan May, presidente da Blackmagic Design

"Ficamos impressionados com o desempenho consideravelmente superior da NVIDIA RTX A6000, melhor que o da geração anterior de GPUs, tanto nas funções gerais de gradação quanto nas ferramentas recentes baseadas em IA. A memória principal de 48 gigabytes aprimorou muito os fluxos de vídeos RAW em 8K e 12K da Blackmagic, deixando o desempenho na edição e na gradação mais fluído."
Dan May, presidente da Blackmagic Design


Nvidia A40 (Divulgação/Nvidia)

A Nvidia vai oferecer a RTX A6000 através de parceiros como a PNY, Leadtek e Ingram Micro em seu próprio site oficial a partir de dezembro. A empresa não divulgou preços ainda, mas informou que ambos modelos estarão presentes em servidores, workstations e fornecedores OEM a partir do início do ano que vem, 2021.

  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.