Créditos: ExtremeTech

Der8auer compara processo de 7nm da TSMC com 14nm da Intel usando microscópio eletrônico

Overclocker usa um AMD Ryzen 9 3950X e um Intel Core i9-10900K no comparativo

Der8auer, um dos overclockers mais famosos do mundo e possuidor de um belo gatinho laranja, publicou no canal dele um interessante comparativo entre litografias usando um microscópio eletrônico. O entusiasta de hardware pegou um Intel Core i9-10900K e um AMD Ryzen 9 3950X e "fatiou" os processadores para passá-los por um microscópio eletrônico e comparar suas litografias de 14nm(+++) e de 7nm, respectivamente.

A comparação já começa interessante porque envolve o processo de duas empresas bem diferentes, da própria Intel e da TSMC. Para tentar manter o experimento justo, ele usou a parte do cache L2 de ambos processadores e passou por um SEM - scanning electron microscope, microscópio eletrônico de escaneamento.

As conclusões do comparativo são bem interessantes. Para começar, um processo que nominalmente tem "metade" da litografia de outro, não é tão diferente como poderíamos imaginar. O portal de comunicação entre transistores do componente da Intel aparece com 24nm, enquanto o processador AMD tem uma distância de 22nm, uma diferença muito menos impactante do que 14 para 7. 

Mas não é de se ignorar outras características que determinam a performance final de um processador. O Ryzen, com fabricação em 7nm pela TSMC, ainda apresenta uma densidade maior de transistores do que o processador Core, com fabricação em 14nm+++ pela Intel, e isso resulta numa vantagem.

- Continua após a publicidade -

A parte mais interessante do vídeo é a conclusão de der8auer. A litografia anunciada pelas empresas na criação de seus processadores é muito mais um nome comercial do que qualquer outra coisa. Ela serve para mostrar uma diferença geracional entre produtos de uma mesma empresa, para destacar novas tecnologias ou um salto em performance, mas já fica pouco útil quando comparamos componentes fabricados por companhias diferentes. 

"Vocês precisam entender que esse esquema de nomes reflete apenas o processo. É só o processo que se chama 14nm ou 7nm... Poderia se chamar Intel Mirtilo Construção 5 ou se chamar AMD Morango Processo 3, lhe daria a mesma quantidade de informação do que ter 14nm ou 7nm (no nome)."

"Vocês precisam entender que esse esquema de nomes reflete apenas o processo. É só o processo que se chama 14nm ou 7nm... Poderia se chamar Intel Mirtilo Construção 5 ou se chamar AMD Morango Processo 3, lhe daria a mesma quantidade de informação do que ter 14nm ou 7nm (no nome)."

O overclocker cita um exemplo bem interessante da Samsung, que em determinado momento usava um processo de 20nm e passou a chamar sua litografia de 14nm somente porque passou a usar FinFET.

A conclusão de der8auer é muito simples. O método mais confiável de comparar processadores de empresas diferentes ainda é usando testes de benchmark e acompanhando as análises de sites confiáveis.

Via: TechPowerUp Fonte: Der8auer
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Bingo pré-lançamento Radeon RX 6000. A Big Navi vai ser:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.