Reino Unido quer bloquear pornografia na web

O governo britânico quer pedir aos provedores de Internet que bloqueiem automaticamente o acesso a sites pornogrÁficos, em uma tentativa de combater a sexualização precoce das crianças.

A iniciativa segue o sucesso das ações dos provedores no país para prevenir que usuÁrios acessem acidentalmente pÁginas com pornografia infantil. Agora, os ministros querem que as companhias controlem o conteúdo adulto com uma tecnologia similar, de acordo com o jornal The Guardian.


O ministro das comunicações, Ed Vaizey, irÁ encontrar os responsÁveis de empresas que fornecem serviços de acesso à Internet, como a BT, Virgin Media e TalkTalk, em um futuro próximo, para discutir o modo com o qual a pornografia entra nos lares britânicos. A ideia é bloquear o conteúdo automaticamente e apenas liberÁ-lo após requisições individuais, em uma tentativa de evitar que crianças sejam expostas a material pornogrÁfico.

Uma das porta-vozes do projeto, a deputada Claire Perry, disse que 60% dos jovens entre nove e 19 anos jÁ se deparou com pornografia online, enquanto apenas 15% dos pais sabem como usar filtros para bloquear o acesso a determinados sites.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.