Créditos: Divulgação/Nvidia

OFICIAL: Nvidia compra ARM por US$ 40 bilhões e fica mais forte do que nunca

Acordo vai potencializar participação da Nvidia no setor de dispositivos móveis
Por Mariela Cancelier 13/09/2020 22:25 | atualizado 13/09/2020 22:25 Comentários Reportar erro

A Nvidia acaba de anunciar pela sua conta oficial no Twitter e press release que está comprando a empresa de semicondutores ARM por US$ 40 bilhões. O acordo vai fazer com que a Nvidia aumente ainda mais sua presença no setor de computação móvel, especialmente quando se trata de trazer sua tecnologia de IA para plataformas como smartphones, PCs e carros autônomos. Já se especulava que esse acordo poderia ocorrer com as duas empresas, agora, a informação foi oficializada.

Com a compra da ARM, a Nvidia volta a ter poder para competir no topo do mercado mobile e conectado, algo que a empresa havia tentado antes com os chips Tegra e não conseguiu. A estratégia dá à fabricante de hardwares uma força muito grande no mercado de chips/CPUs, e certamente colocará a marca à na briga direta com empresas como Intel, AMD e Qualcomm no quesito de CPUs.

Nvidia chega ao mercado mobile com grande força, liderando na frente de empresas como Intel, AMD e Qualcomm

Enquanto isso, a ARM também vai se beneficiar com a junção de forças, obtendo ainda mais suporte para os setores de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento), bem como acesso a todo o pacote de produtos da Nvidia. A Nvidia ainda declarou que vai construir um supercomputador de IA equipado com CPUs ARM na sede da empresa, na cidade de Cambridge, Inglaterra.

- Continua após a publicidade -

Snapdragon agora é um produto baseado em tecnologia da Nvidia

Curiosamente, o Snapdragon agora é um produto baseado na tecnologia da Nvidia. Entretanto, a GPU Adreno do chip mobile era a antiga Radeon Mobile, que a AMD não acreditou. Agora, o investimento da Nvidia vai aumentar ainda mais a diferença entre as duas eternas concorrentes de mercado. 

A IA é a força tecnológica mais poderosa de nosso tempo e lançou uma nova onda de computação. Nos próximos anos, trilhões de computadores executando IA criarão uma nova internet das coisas que é milhares de vezes maior do que a internet das pessoas de hoje. Nossa combinação criará uma empresa fabulosamente posicionada para a era da IA.
- Jensen Huang, CEO da NVIDIA em comunicado

A IA é a força tecnológica mais poderosa de nosso tempo e lançou uma nova onda de computação. Nos próximos anos, trilhões de computadores executando IA criarão uma nova internet das coisas que é milhares de vezes maior do que a internet das pessoas de hoje. Nossa combinação criará uma empresa fabulosamente posicionada para a era da IA.
- Jensen Huang, CEO da NVIDIA em comunicado

No comunicado oficial, ambas as empresas destacaram que a ARM ainda manterá seu modelo de licenciamento aberto e neutralidade com os clientes existentes. A transação foi aprovada pelos conselhos de administração da Nvidia, SBG e ARM. Os detalhes mostram que a Nvidia pagará à SoftBank um total de US$ 21,5 bilhões em ações ordinárias da Nvidia e US$ 12 bilhões em dinheiro, que inclui US$ 2 bilhões no momento da assinatura.

A transação proposta está sujeita às condições habituais de fechamento, incluindo o recebimento de aprovações regulatórias para o Reino Unido, China, União Europeia e Estados Unidos. A conclusão da transação está prevista para ocorrer em aproximadamente 18 meses.

- Continua após a publicidade -

Fonte: Nvidia News
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.