Créditos: Foto por Nicola Jones

Apple pretende banir Fortnite até 2021 do iOS

Empresa pode estar preparando uma punição a longo prazo para o jogo da Epic Games

Como retaliação das ações da Epic Games, a Apple pode manter o Fortnite fora dos seus dispositivos até o final de 2021. A empresa da Maçã revogou a licença de desenvolvedor da Epic Games por pelo menos 1 ano, impedindo o acesso da desenvolvedora ao mercado lucrativo dos sistemas iOS e Mac. Porém isso também afeta a Apple, que não terá acesso aos milhões que recebia royalties das transações no game.

Mesmo contra a vontade da Apple a Epic pode conseguir na justiça que o Fortnite retorne a App Store.
Nos documentos judiciais preliminares compartilhados pela Epic, a empresa revelou emails da Apple, e em um deles a empresa da Maçã fala sobre as ações que tomará contra a desenvolvedora caso ela não siga as regras da App Store.

Nesse email a Apple informa o encerramento da conta de desenvolvedor da Epic por quebra de contrato e afirmou: ”Observe que negaremos sua reaplicação ao Apple Developer Program por pelo menos um ano, considerando a natureza de seus atos.”


Foto por Joshua Hoehne

Os jogos da desenvolvedoras banidos pela Apple foram o Fornite, Battle Breakers, Spyjinx e Infinity Blade Stickers presentes na App Store, e o Shadow Complex Remastered presente na loja Mac App Store.

Essa mensagem da Apple vai contra o que a própria empresa havia falado anteriormente, onde a empresa afirmou que iria retornar imediatamente a conta de desenvolvedor da Epic Games, caso a desenvolvedora desistisse do processo, e do seu novo método de pagamento implementado no Fortnite.

- Continua após a publicidade -

Caso a Apple realmente siga com sua palavra e não permita o retorno da empresa, dificilmente o Fortnite, e os demais jogos da Epic, retornarão à App store antes do final de 2021, quando a Epic poderá novamente se inscrever como desenvolvedor para iOS. Proibição deve ter o mesmo tempo de duração do processo que a desenvolvedora moveu contra a Apple. 

A Epic requisitou à justiça o retorno dos seus jogos até que o processo termine, caso a desenvolvedora consiga liminar que deseja na próxima audiência judicial, que está marcada para dia 28 de setembro, Fornite voltará a App Store sem a vontade da Apple. 

Em seu argumento mandado a justiça, a Epic afirmou que a Apple realiza ações ilegais de monopólio e que a proibição da Apple pode causar danos irreparáveis para a empresa. Em resposta a isso, a empresa da Maçã pediu para que a justiça obrigue a desenvolvedora a seguir suas promessas contratuais, “além de conceder danos compensatórios e punitivos e proibir a Epic de se envolver em outras práticas comerciais desleais.”

Fonte: Tweaktown, Games Radar
Tags
  • Redator: Willian Ferreira

    Willian Ferreira

    Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Bingo pré-lançamento Radeon RX 6000. A Big Navi vai ser:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.