Créditos: VirtualLink

Exclusão do VirtualLink para VR das Nvidia RTX 30 pode ser o fim do padrão

Site do consórcio saiu do ar e não há sinais de novidades das outras empresas envolvidas

O padrão de conexão VirtualLink, que usa um conector USB Tipo-C para ligar headsets de VR ao PC, estaria próximo do seu fim. De acordo com o site TechPowerUp, o site oficial do VirtualLink Consortium está fora do ar, apenas redirecionando o usuário para a página da Wikipédia sobre o assunto.

Esse consórcio foi criado em 2018 e incluía empresas como Nvidia, AMD, HTC Vive, Oculus VR, Valve e Microsoft. O padrão estreou nas Founders Edition das placas de vídeo da série Nvidia GeForce RTX 20, com o objetivo de simplificar as conexões de vídeo para headsets de realidade virtual (VR).

Com isso, o cabo utilizava esse conector USB Tipo-C para combinar energia, vídeo e dados no mesmo lugar. Alguns head-mounted displays (HMDs) de nicho como o StarVR e o XTAL decidiram por integrar o conector VirtualLink. Mas o padrão teve dificuldades em conseguir um suporte mais abrangente de grandes nomes do mercado de realidade virtual.

A Valve chegou a planejar incluir o VirtualLink no seu headset Index, mas acabou cancelando essa introdução por causa de problemas técnicos. Com isso, o único HMD a usar a porta USB Tipo-C para esse fim foi o Oculus Quest.


Fonte: Nvidia

- Continua após a publicidade -

Apesar disso, ele não usou exatamente o padrão VirtualLink, mas sim algo parecido baseado nisso. Só que a Nvidia excluiu a porta USB Tipo-C das suas placas de vídeo da linha RTX 20 Super e a AMD nunca lançou uma placa com esse conector.

Como a Nvidia já anunciou a série RTX 30 sem o conector VirtualLink e o site está fora do ar, há cada vez mais sinais de que o padrão de conexão está morto. Segundo a VRgineers, uma das empresas a usar o conector em seu headset, o consórcio já não tem operado há algum tempo. Eles lamentaram o fim da tecnologia, já que ela era considerada uma interface confiável e conveniente.

O padrão VirtualLink oferecia quatro linhas HBR3 DisplayPort de alta velocidade, com um canal de dados USB 3.1 e até 27 watts de potência. A promessa era de uma tecnologia de baixa latência, totalmente otimizada para realidade virtual.

Via: TechPowerUp Fonte: Road to VR
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Um dos maiores hypes dos games chegou. Como você vai em Cyberpunk 2077

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.