Créditos: Foto: Intel

Intel lança a plataforma Tiger Lake com novos gráficos Intel Xe

Novos chips trazem mais desempenho, duração de bateria e conectividade

A Intel introduziu oficialmente sua nova geração de processadores da família Core, a décima primeira geração Core codinome Tiger Lake. Esse chips voltados para dispositivos compactos trazem como destaque a nova microarquitetura SuperFin, conectividade modernizada com PCIe 4.0 e WiFi 6 e alta performance gráfica e AI com chips gráficos integrados Intel Xe.

Os chips Tiger Lake combinam os novos processadores Willow Cove e gráficos Intel Xe, que tiram benefícios da tecnologia SuperFin, uma evolução do processo de fabricação em 10 nanômetros FinFet e melhorias estruturais nos transistores e seu empilhamento para entregar chips mais eficientes, capazes de operar em tensões elétricas mais baixas e assim entregar mais performance e eficiência elétrica. Falamos um pouco dessa evolução nesse artigo e no vídeo abaixo:

Os novos gráficos integrados prometem até o dobro de performance comparado a gerações anteriores, com um desempenho superior a 90% dos gráficos (integrados e dedicados) existentes no segmento de ultrafinos atualmente no mercado. De acordo com a Intel, é possível jogar em 1080p games como Borderlands 3, Far Cry New Dawn e Hitman 2.

Com o uso integrado entre chip gráfico e processador, a empresa promete um salto de até 5x comparado a gerações anteriores, em aplicações que tirem benefícios de AI.

- Continua após a publicidade -

Em atividades de produtividade, como suítes de escritório, o Intel Tiger Lake é 20% mais rápido que produtos da concorrência, e entrega 2x mais desempenho em edição de vídeo 2,7x mais rápida em edição de fotos.

São ao total cinco produtos, cobrindo o line-up de modelos i3, i5 e i7. As configurações variam de modelos dual-core até quad-core, com gráficos da linha UHD com 48 Unidades de Execução até Intel Iris Xe com 96 Unidades de Execução.

Intel Evo
A Intel também anunciou a introdução de um novo selo, o Intel Evo, que irá indicar os melhores produtos do mercado. Eles precisarão todos atender uma série de pre-requisitos, que incluem:

- Responsividade mesmo em uso na bateria
- Ativação do modo suspenso em menos de um segundo
- 9 horas de bateria ou mais em uso cotidiano com telas de resolução 1080p
- Capaz de em 30 minutos na energia carregar a bateria para o equivalente a 4 horas de autonomia
- Conectividade Thunderbolt 4 e Wi-Fi 6
- Formato ultrafino 
- Telas e webcam de alta qualidade

- Continua após a publicidade -

Preço e disponibilidade
Os sistemas com esses chips são compatíveis com os sistemas Windows e ChromeOS e equiparão mais de 150 dispositivos de fabricantes como Acer, Asus, Dell, Dynabook, HP, Lenovo, LG, MSI, Razer, Samsung e outros. Ainda esse ano serão lançados 20 dispositivos certificados dentro dos requisitos Intel Evo.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.