Créditos: Micron/Tweak Town

Mercado terá GPUs gigantes com até 12 stacks de HBM em 2023, diz TSMC

Fábrica de semicondutores promete interpositores até 4 vezes maiores

A fábrica taiwanesa Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) divulgou um roadmap e novas informações sobre inovações que deveremos ver nas memórias HBM para placas de vídeo até 2023. Segundo a companhia, dentro dos próximos três anos será possível criar GPUs gigantescas – em termos relativos ao que temos hoje – com até 12 stacks de memória HBM.

As novidades foram reveladas no Technology Symposium 2020 e serão possibilitadas pela nova tecnologia de envelopamento CoWoS-S da TSMC. Hoje, essa novidade já permite que os designers criem projetos de placas de vídeo maiores e mais rápidas. Isso é obtido através de dies maiores e de stacks de memória HBM.

Só que, no momento, essa tecnologia tem uma barreira: a limitação no tamanho do interpositor. Segundo os executivos da Taiwan Semiconductor Manufacturing Company, isso está prestes a mudar. O tamanho do interpositor deve crescer até 4 vezes em 2023, em comparação com o que ele era em 2011.

Com essa mudança, será possível criar GPUs com até 12 stacks de memória HBM. Para base de comparação, em 2016 era possível ter no máximo quatro stacks. Hoje, em 2020, não dá para criar placas de vídeo com mais de seis stacks de HBM.

- Continua após a publicidade -

De acordo com o site Tweak Town, a Micron vai disponibilizar a sua memória HBMnext no final de 2022. Ela deverá ser encontrada em placas de vídeo de próxima geração e em sistemas HPC (Computação de alto desempenho). Essa nova tecnologia deverá permitir a criação de GPUs next-gen com largura de banda de memória nunca antes vista.

A HBMnext da Micron estará disponível em opções de 4H/8Gb e 8H/16Gb com taxas de transferência de dados de até 3,2 Gb/s ou até mais. Vale lembrar que o HBM2 alcança 2,4 Gb/s e o HBM2e suporta 2,0 Gb/s.

Via: Tweak Town
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Bingo pré-lançamento Radeon RX 6000. A Big Navi vai ser:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.