Créditos: Divulgação/Suuhgetsu

Intérprete de Libras vai oferecer aulas de LoL para surdos e ouvintes

Vídeos apresentados por Suuhgetsu também vão contar com legendas em português

A intérprete e streamer biomodal "Suuhgetsu" (@suuhgetsu), conhecida no cenário gamer por produzir conteúdo com foco na acessibilidade em jogos para surdos, anunciou o primeiro "Aulão de League of Legends em Libras". Serão diversas aulas lecionadas pela intérprete com o objetivo de ensinar conceitos básicos do jogo para iniciantes surdos e ouvintes, tudo em Libras (Língua Brasileira de Sinais). As aulas serão semanais e também vão contar com legendas em português.

A primeira aula da série irá começar no dia 3 de setembro com conteúdo sobre lanes e wards. Ao todo, serão oito aulas semanais com temas diferentes em cada edição. O aulão lecionado por Suuhgetsu será transmitido toda quinta-feira às 20:00 pelos canais da Twitch (twitch.tv/Suuhgetsu) e YouTube (Libras no Esports). 

Confira o cronograma do Aulão de LoL em Libras:
1ª aula: Lanes e Wards
2ª aula: Personagens e Pings
3ª aula: Farm e tipos de ataque
4ª aula: Itens e Itemização 
5ª aula: Posicionamento e Rotação
6ª aula: Estratégias e composições 
7ª aula: Objetivos e cool down 
8ª aula: Prática

"Espero não só ensinar e informar o maior número possível de surdos gamers, mas mostrar aos ouvintes que os surdos gamers estão aqui e têm direito às mesmas informações e conteúdos. Porque a falta de conteúdos em libras ou conteúdos acessíveis para os surdos é enorme!"
- Declaração de Suuhgetsu sobre o aulão

Atualmente, Suuhgetsu já interpretou campeonatos de League of Legends, Counter Strike, Fortnite, Free Fire, Team Fight Tactics (TFT) e Valorant. A intérprete faz parte da Academia de Piltover (criadores de conteúdo da Riot Games) e Liga dos Surdos, organização na qual também atua na diretoria.

- Continua após a publicidade -

Liga dos Surdos 
O competitivo de Esports para jogadores surdos foi criado por Andre "NerdSurdo" (@nerdsurdo). A organização conta com surdos e ouvintes como Daniella “ElphieVinci”, Gabriel "Maizena", João "Tok", Keila "Arien",  Renan Bulha e Rômulo Azevedo. A Liga também realiza projetos voltados para os jogos, como a criação do sinalário de League of Legends, tendo a participação primordial e indispensável de todos os surdos integrantes da liga.

Não é sempre que vemos intérpretes de Libras em transmissões oficiais de Esports ou em canais educativos sobre games. Por conta disso, o projeto foi reconhecido por muitos players e streamers famosos do cenário de League of Legends. Nomes conhecidos como YoDa (@StoneDYooDa) e yetz (@yetz1) elogiaram a iniciativa e ajudaram na divulgação com retweets do aulão. Esse é o primeiro projeto educativo relacionado a surdos e League of Legends no Brasil a atingir essa dimensão de engajamento.

League of Legends já possui alguns recursos de acessibilidade in-game para jogadores com daltonismo, por exemplo. Entretanto, alguns jogadores no Fórum da Riot Games sugerem que o game poderia oferecer mais recursos para surdos. Ainda em 2018, por exemplo, um usuário sugeriu uma mudança visual para os pings do game, mudando alguns efeitos na tela para não prejudicar quem tem dificuldade em reconhecer os sons e acompanhar os indicativos na tela.

- Continua após a publicidade -

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.