Créditos: Eurocom

"Super" notebook Sky Z7 traz Core i9-10900K, RTX 2080 Super, 128GB de RAM e SSD de 13TB

Notebook é tão parrudo que sua fabricante, Eurocom, o chama de "supercomputador mobile"

Se os notebooks fossem desenvolvidos com as mesmas barras de status de criação de personagens nos games, poderíamos considerar que a Eurocom fez cheat pra deixar todos os atributos no máximo com seu Sky Z7 Mobile Supercomputer. Exatamente, o notebook é tão parrudo que a sua fabricante chama o produto de um "supercomputador portátil".

As especificações que fazem desse notebook um "supercomputador" são as seguintes:

- Processador: Intel Core i9-10900K
- Placa de vídeo: RTX 2080 Super
- Memória: Até 128GB de RAM
- Armazenamento: Até 13TB em SDDs - 3 drives M.2 NVMe de 4TB cada e um M.2 SATA de 1TB

"Combinando a última geração de CPUs Intel com as GPUs mais poderosas da Nvidia, o Eurocom Sky Z7 se gaba de imenso poder com conectividade excepcional para suportar criação de conteúdo em 4K, jogatina e streaming em 4K, pós-processamento 3D avançado e renderizações do CAD com facilidade."

"Combinando a última geração de CPUs Intel com as GPUs mais poderosas da Nvidia, o Eurocom Sky Z7 se gaba de imenso poder com conectividade excepcional para suportar criação de conteúdo em 4K, jogatina e streaming em 4K, pós-processamento 3D avançado e renderizações do CAD com facilidade."

O notebook não é do mais portáteis, com uma base até bem robusta, mas faz sentido pra incorporar essa quantidade de hardware. Como podemos ver no site oficial, ele é altamente customizável, inclusive no display. As opções de tela começam no FullHD a 144Hz e vão até o 4K a 144Hz.

- Continua após a publicidade -

O Eurocom Sky Z7 será lançado oficialmente em 15 de setembro pelo preço sugerido começando em US$ 3.000. Mas, adicionando tudo de mais avançado que ele tem pra oferecer, como listamos neste post, o preço vai chegar nos US$ 10.000 sem dificuldade. Principalmente levando-se em conta que a Eurocom oferece a opção de enviar o notebook com licenças para servidores do Windows, que são exorbitantemente caras.

Fonte: TweakTown
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.