Créditos: Reprodução | PC Gamer

Jogadores poderão pousar e explorar planetas a pé em Elite Dangerous: Odyssey

O jogo também receberá uma nova ferramenta de amostragem

A Frontier revelou algumas imagens da nova atualização de Elite Dangerous: Odyssey e os jogadores devem até estranhar os ambientes bem mais iluminados e diversos que estarão disponíveis. O conteúdo adicional permitirá que os jogadores inclusive pousem em planetas e caminhem a pé.

Um novo "diário de desenvolvedor" publicado no canal oficial de Elite Dangerous fala um pouco sobre a filosofia por trás desse design de exploração do planeta Odyssey. Segundo a própria desenvolvedora, a Frontier deseja que os jogadores tenham um 'momento Neil Armstrong' quando pisarem em um mundo estranho pela primeira vez.

Existem novos mundos rochosos e mundos de gelo, mas o objetivo é manter esses planetas e seus biomas em níveis "plausíveis", já que grande parte de Elite Dangerous é baseada na ciência real. Os planetas na réplica da Via Láctea, em escala do jogo, também foram aprimorados para parecerem melhores de perto.

- Continua após a publicidade -

Além disso, parece que o jogo receberá uma nova ferramenta de amostragem. Isso deve permitir que a pessoa  escaneie a flora de um mundo e extraia dados genéticos, que serão adicionados ao seu códice pessoal, e pode ser negociado em starports para obter lucro. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: pcgamer
Tags
  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.