Créditos: Divulgação/ Epic

Apple está encerrando as contas de desenvolvedor da Epic

Epic está processando a Apple por monopólio, depois de ter banido Fortnite

Um novo capítulo da história da Epic contra a Apple iniciou. A dona de Fortnite revelou no Twitter que todas as suas contas de desenvolvedor estavam sendo removidas da Apple. Isso encerraria totalmente a relação entre as duas companhias e afetaria também outros apps e o sistema operacional para PCs. A Apple, por sua vez, diz que está disposta a fazer um acordo, desde que os games sigam as diretrizes exigidas.

Para quem não acompanhou as últimas notícias a respeito, a Epic está processando a Apple, acusando-a de comportamento anticompetitivo. A desenvolvedora do game Fortnite pede que a porcentagem exigida pelas donas dos sistemas operacionais, Google e Apple, diminuam. Atualmente, 30% de tudo que é arrecadado nos apps são enviados diretamente para a App Store e Play Store.

A própria página de notícias institucionais da Epic, a Epic Newsroom, divulgou que as empresas não estavam chegando a um acordo. A publicação informa "A Apple removeu o Fortnite da App Store e informou a Epic que na sexta-feira, 28 de agosto, a Apple encerrará todas as nossas contas de desenvolvedor e cortará a Epic das ferramentas de desenvolvimento iOS e Mac. Estamos pedindo ao tribunal que pare com essa retaliação." Você pode conferir abaixo:

Juntamente com o tweet, a empresa também anexa um documento extenso, de 197 páginas. Em resumo, é o que a empresa colocou em sua publicação. Suas contas especiais de desenvolvedor estão sendo removidas da Apple. Isso vale não apenas para o iOS, como também para o MacOS.

- Continua após a publicidade -

Em entrevista ao site The Verge, a Apple falou que está disposta a fazer um acordo pacífico com a Epic. A empresa da maçã confirmou também que, quando algum aplicativo é iniciado na sua loja, a desenvolvedora concorda com os termos de uso, portanto deve os seguir. 

"Hoje, a Epic Games deu o passo infeliz de violar as diretrizes da App Store que são aplicadas igualmente a todos os desenvolvedores e projetadas para manter a loja segura para nossos usuários. Como resultado, seu aplicativo Fortnite foi removido da loja. A Epic ativou um recurso em seu aplicativo que não foi revisado ou aprovado pela Apple, e o fez com a intenção expressa de violar as diretrizes da App Store em relação aos pagamentos no aplicativo que se aplicam a todos os desenvolvedores que vendem produtos ou serviços digitais.
A Epic teve aplicativos na App Store por uma década e se beneficiou do ecossistema da App Store - incluindo suas ferramentas, testes e distribuição que a Apple fornece a todos os desenvolvedores. A Epic concordou com os termos e diretrizes da App Store livremente e estamos felizes por terem construído um negócio tão bem-sucedido na App Store. O fato de que seus interesses comerciais agora os levam a pressionar por um acordo especial não muda o fato de que essas diretrizes criam condições equitativas para todos os desenvolvedores e tornam a loja segura para todos os usuários. Faremos todos os esforços para trabalhar com a Epic para resolver essas violações para que eles possam devolver o Fortnite à App Store."

- Comunicado oficial da Apple ao The Verge

"Hoje, a Epic Games deu o passo infeliz de violar as diretrizes da App Store que são aplicadas igualmente a todos os desenvolvedores e projetadas para manter a loja segura para nossos usuários. Como resultado, seu aplicativo Fortnite foi removido da loja. A Epic ativou um recurso em seu aplicativo que não foi revisado ou aprovado pela Apple, e o fez com a intenção expressa de violar as diretrizes da App Store em relação aos pagamentos no aplicativo que se aplicam a todos os desenvolvedores que vendem produtos ou serviços digitais.
A Epic teve aplicativos na App Store por uma década e se beneficiou do ecossistema da App Store - incluindo suas ferramentas, testes e distribuição que a Apple fornece a todos os desenvolvedores. A Epic concordou com os termos e diretrizes da App Store livremente e estamos felizes por terem construído um negócio tão bem-sucedido na App Store. O fato de que seus interesses comerciais agora os levam a pressionar por um acordo especial não muda o fato de que essas diretrizes criam condições equitativas para todos os desenvolvedores e tornam a loja segura para todos os usuários. Faremos todos os esforços para trabalhar com a Epic para resolver essas violações para que eles possam devolver o Fortnite à App Store."

- Comunicado oficial da Apple ao The Verge

O grande problema da afirmação da Apple, a respeito do acordo com a Epic, é a falta de opções apresentada. A responsável pelo iOS diz que, quando uma empresa deseja adicionar um app em seu sistema, precisa concordar com os termos. Caso não queira, ou acredite que os termos não condizem com o seu trabalho, o aplicativo não é disponibilizado.

- Continua após a publicidade -

Ou seja, se a desenvolvedora tiver algumas discordâncias com o processo, ela fica fora do sistema operacional. Isso faz com que a empresa perca mais de 1 bilhão de usuários, que são altamente lucrativos. Já foi confirmado que, por mais que sejam menos numerosos, os clientes da Apple gastam mais em aplicativos. 

A Epic segue com a sua campanha #FreeFortnite e o processo continua aberto. Vai caber a justiça dos EUA determinar quais das empresas tem a razão. 

Via: WCCFTech
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.