Créditos: Reprodução/ popsfera

Desenvolvedoras de games expõe monopólio da App Store

O processo aberto pela Epic está revelando os abusos feitos pela Apple

Com o banimento de Fortnite da App Store, da Apple, e Play Store, da Google, outras desenvolvedoras de games começaram a expor o comportamento anticompetitivo das duas donas dos sistemas operacionais. Ambas as lojas cobram 30% dos valores arrecadados pelos aplicativos adicionados em sua loja, ficando com uma parte importante dos lucros. A Apple é a que recebe maiores críticas.

Os principais são os serviços de streaming de jogos, que foram banidos da App Store recentemente. A empresa alega que se preocupa com a segurança dos dados dos usuários e, que cada game, individualmente, deveria ser enviado para a análise. As companhias lesadas alegam que isso é uma regra impeditiva, uma vez que a vantagem dessas plataformas é oferecer o maior número de títulos possível.

Recentemente, o game Fortnite foi banido das lojas de aplicativos dos dispositivos da Apple e, posteriormente, também da Google. O CEO da empresa, Tim Sweeney, anunciou que está abrindo processo contra as donas dos sistemas operacionais, acusando-as de duopólio. Segundo o site Engadget, Fortnite foi um estopim, para que a Epic Games Store pudesse lançar uma versão para dispositivos móveis.

- Continua após a publicidade -

As empresas como Microsoft e Nvidia, donas de serviços de streaming, dizem como as regras são mais rígidas para a indústria de games. Recentemente, a gigante de softwares fez um comunicado lembrando como a Apple flexibiliza as exigências quando para apps que não oferecem jogos. 

“Infelizmente, não temos um caminho para levar nossa visão de jogos em nuvem com o Xbox Game Pass Ultimate aos jogadores no iOS por meio da Apple App Store. A Apple é a única plataforma de uso geral que impede os consumidores de jogos em nuvem e serviços de assinatura de jogos como o Xbox Game Pass. E trata os aplicativos de jogos de maneira consistente, aplicando regras mais brandas a aplicativos que não são de jogos, mesmo quando incluem conteúdo interativo.”
- Porta voz da Microsoft para o site Engadget

“Infelizmente, não temos um caminho para levar nossa visão de jogos em nuvem com o Xbox Game Pass Ultimate aos jogadores no iOS por meio da Apple App Store. A Apple é a única plataforma de uso geral que impede os consumidores de jogos em nuvem e serviços de assinatura de jogos como o Xbox Game Pass. E trata os aplicativos de jogos de maneira consistente, aplicando regras mais brandas a aplicativos que não são de jogos, mesmo quando incluem conteúdo interativo.”
- Porta voz da Microsoft para o site Engadget

Um exemplo foi em relação ao aplicativo de streaming de vídeos da Amazon. O app Prime Video colocou compras diretas por meio do seu site, evitando completamente as taxas da Apple. Esse foi exatamente a razão que motivou a empresa da maçã ter banido Fortnite. Mas, para o serviço de filmes e séries, nada ocorreu.

A Apple informou que o motivo de dar a permissão para a Amazon é um programa existente. Segundo um comunicado, essa brecha permite que provedores de entretenimento de vídeo por assinatura premium vendam diretamente aos usuários na App Store. Ela ainda informou que essa política é raramente utilizada, e que não é conhecida pela maioria dos usuários. 

- Continua após a publicidade -

A própria Epic coloca em seu documento de início do processo como a App Store é importante para os desenvolvedores. O iOS conta com mais de 1 bilhão de usuários ativos, que possuem salários mais altos e efetuam mais compras pela loja. Entrar com um serviço alternativo poderia reduzir muitos os lucros obtidos pela própria desenvolvedora do sistema operacional. 

Aumentar a competitividade poderia fazer com que a Apple precisasse reduzir a porcentagem exigida, além de reduzir os lucros totais obtidos. A Epic fala que o processo foi aberto para que a empresa abra o mercado e que reduza os preços, considerados abusivos pela dona do Fortnite. O próprio Sweeney menciona o caso em seu Twitter pessoal.

Essa ação realizada pela Epic Games pode modificar muito o modo como os aplicativos são instalados nos smartphones. Isso pode impactar muito o mercado, forçando alterações tanto para o Android como para iOS. O "caso Fortnite", como está sendo chamado, pode fazer grandes modificações na indústria mobile.

Via: Engadget
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.