Adolescente é preso por atacar sites contrários ao WikiLeaks

Os boicotes da chamada "Operation Payback", onda de ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS) contra sites que se mostraram contrÁrios ao WikiLeaks, renderam a primeira detenção, na Holanda.

Um jovem de 16 anos foi preso ontem suspeito de colaborar com os ataques, que são atribuídos ao grupo Anonymous. O rapaz irÁ se apresentar ao juiz ainda hoje, em Roterdã.


As agressões seguem como protesto a empresas que deixaram de apoiar o WikiLeaks após o site começar a divulgar alguns dos 250 mil documentos das embaixadas americanas. O site, então, sofreu vÁrias represÁlias e chegou a sair do ar, passando a distribuir seu conteúdo por meio de domínios alternativos.

Desde que o vazamento desses documentos começou, vÁrias companhias deixaram de apoiar o projeto. Foi o caso do PayPal, que deixou de destinar dinheiro para a conta do WikiLeaks e o Mastercard, que vem bloqueando pagamentos para o site. Posteriormente, o site da Visa também foi atacado.

O posicionamento contrÁrio dessas empresas gerou uma onda de ataques de ativistas que, inclusive, recrutam voluntÁrios para participar das investidas. Basta baixar um software que transforma o computador em uma espécie de integrante "voluntÁrio" de uma botnet para realizar os ataques de forma automatizada. O software, de acordo com a BBC, jÁ foi baixado mais de 30 mil vezes.

As autoridades holandesas afirmam que o rapaz detido confessou que fez parte dos ataques contra a Visa e o Mastercard, conforme o Ars Technica. A investigação vai continuar, jÁ que a empreitada envolve um número muito maior de pessoas.

JÁ a equipe do Wikileaks publicou um comunicado afirmando não ter ligação alguma com o Anonymous e que não recebeu nenhum aviso prévio sobre a realização dos ataques. "Nós não condenamos nem aclamamos esses ataques", declarou a porta-voz Kristinn Hranfsson. Ela acrescenta que a organização acredita que as ofensivas são um reflexo da opinião pública sobre os últimos acontecimentos.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Bingo pré-lançamento Radeon RX 6000. A Big Navi vai ser:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.