Créditos: Reprodução | EPA/ Monica Davey

Apple será investigada por restringir xCloud e Facebook Gaming na App Store

Comissão da União Europeia anunciou que acompanha a situação

A decisão da Apple de limitar a presença do Project xCloud e do Facebook Gaming na App Store pode ganhar novos desdobramentos em breve. Reportagem da agência Reuters revela que uma Comissão da União Europeia que já investigava as políticas da empresa da maçã passou a acompanhar a situação de perto. 

Desde junho correm quatro investigações relacionadas à Apple, três delas acerca da App Store e suas regras consideradas restritivas. Entre os pontos observados estão algumas questões como requisitos exigidos para que os desenvolvedores usem um sistema próprio de compras dentro dos aplicativos.

Facebook e Microsoft, que avançam com seus serviços de streaming de games, se uniram ao expressarem diversas preocupações com relação às normas impostas pela Apple. O movimento acabou gerando um grande movimento de críticas de desenvolvedores, que se queixam de uma competição desigual contra a fabricante do iPhone.

Questionada sobre estes problemas com a Apple, a porta-voz da Comissão, Arianna Podesta, disse à Reuters que “a Comissão está ciente dessas preocupações em relação às regras da App Store da Apple”, sem dar maiores detalhes sobre o andamento das apurações.

A empresa da maçã rebateu as críticas, alegando que o mesmo conjunto de regras se aplica a todos os aplicativos para proteger seus clientes e fornecer um ambiente justo também para os desenvolvedores.

- Continua após a publicidade -

A Apple usou como exemplo os casos do PlayStation Remote e do SteamLink, que são permitidos na App Store

Na semana, o Facebook Gaming foi disponibilizado na App Store apenas com a função de assistir às transmissões de outras pessoas. A diretora de operações do Facebook, Sheryl Sandberg, revelou que a empresa teve que remover totalmente as funcionalidades de jogos para garantir a aprovação da Apple para seu aplicativo.

Já a Microsoft, dona do xCloud, disse que “a Apple é a única plataforma de uso geral que impede os consumidores de jogos em nuvem e serviços de assinatura de jogos como o Xbox Game Pass”.

Via: Eurogamer Fonte: Reuters
Tags
  • Redator: Gabriel Tagarro

    Gabriel Tagarro

    Formado em jornalismo pela Universidade Castelo Branco, é apaixonado por games desde 1994, quando ganhou um Master System. Joga de tudo um pouco, seja no PC ou no console. Ama tecnologia e escreve com prazer sobre tudo que a envolve.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.